RONDONOTICIAS domingo, 23 de fevereiro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Possível candidatura do desembargador Walter Waltenberg a prefeito da capital reascende cenário político

Após ex-presidente do TJ/RO receber o convite do MDB para que se filie ao partido nessa segunda-feira, não se fala em outra coisa nos bastidores político


Jaqueline Alencar / Rondonoticias

21/01/2020 11:21:17 - Atualizado

PORTO VELHO RO - A possível candidatura do desembargador Walter Waltenberg Júnior à Prefeitura de Porto Velho se tornou o principal assunto nos bastidores da política na capital, após o ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJ/RO) receber o convite do MDB para que se filie ao partido nessa segunda-feira (21). Desde a oficialização do convite, e Walter Waltenberg não descartar a hipótese de filiação, não se fala em outra coisa e as especulações são infinitas.

A tacada de mestre partiu do presidente do partido em Porto Velho, Dirceu Fernandes. Agora, o desembargador que marcou história no Judiciário do estado com ações de grande relevância que foram fechadas com chave de ouro através da inauguração do novo Fórum Geral Desembargador César Montenegro inaugurado em dezembro passado, tem 94 dias para realizar o sonho do MDB lançar um candidato com reais chances de se eleger à Prefeitura da capital.

Como bem observado pelo jornalista Sérgio Pires na coluna veiculada nesta terça-feira, a cadeira do Executivo de Porto Velho está longe do domínio do MDB desde os anos 80 quando Jerônimo Santana foi eleito pelo voto direto.

O assédio não só do presidente do MDB da capital, mas de várias outras lideranças do partido ao pretenso candidato não é pra menos. Além da gestão marcada de positividade no TJ/RO, o desembargador também tem a simpatia dos colegas e acadêmicos de direito, já que também é professor universitário de Direito Constitucional e ainda, é um importante empresário do agronegócio e tem discurso com viés que agrada não só o MDB, mas a qualquer partido. Sem dúvidas, um grande trunfo.

Ao receber o convite ontem do MDB, Walter Waltenberg declarou abertamente que após a aposentadoria, pretende mesmo filiar-se a um partido político. Em evento realizado com a cúpula do partido, já deixou escapar que se fosse para ser feito, faria no MDB. Agora, se isso vai mesmo se concretizar, e se o desembargador, cotado como a bola da vez vai candidatar, aí já é outra história. A luneta do tempo, que esvazia no dia 3 de abril próximo, é que dará a resposta final.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.