RONDONOTICIAS quarta-feira, 21 de outubro de 2020 - Criado em 11/10/2001

Operação “Iniquitate” faz devassa no gabinete do deputado Marcelo Cruz

Segundo consta, Cruz destina suas emendas para execução dos projetos sociais para Associação Acreditar. A operação apura qual participação dele no esquema.


Publicada em: 10/09/2020 10:54:25 - Atualizado

PORTO VELHO – RO – A Operação  “Iniquitate”, nome originário do latim, que indica a ação ou o que se mostra contrária a moral, à religião e à lei, foi deflagrada na manhã desta quinta feira, 10, e teve como alvo o gabinete do deputado estadual Marcelo Cruz-Patriotas.

De acordo com o Ministério Público, a investigação teve início a partir de denúncia de trabalhadores autônomos de que  estariam sendo extorquidos ao pagamento de valores em dinheiro por pessoas ligadas ao parlamentar estadual.

Segundo consta, Cruz  destina suas emendas para execução dos projetos sociais para Associação Acreditar, uma entidade que em 2018 recebeu R$ 300 mil da prefeitura de Porto Velho, através de um convênio para “fomentar a sustentabilidade ambiental” e R$ 345 mil da SEAS em 2019, sem motivo aparente. A operação apura qual participação do deputado no esquema.

Por outro lado, os agentes chegaram a conclusão de que  mencionada associação foi selecionada para atividades fomentadas com recursos públicos, em tese, alheias à sua capacidade técnica, levando-se em consideração às exigências previstas no respectivo edital.

  
Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências e locais de trabalho dos envolvidos, na sede de referida Associação e na Assembleia Legislativa de Rondônia, especificamente, no Gabinete de Marcelo Cruz.

Há indícios, segundo os agentes,  da prática dos crimes de concussão, corrupção passiva, falsidade ideológica, lavagem de capitais e associação criminosa.

MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br