publicidade

Triplex atribuído a ex-presidente Lula é avaliado em R$ 2,2 milhões

Juiz Sérgio Moro determinou, no último dia 29, que fosse realizada uma avaliação judicial no imóvel

Uma avaliação judicial, determinada pelo juiz Sérgio Moro no último dia 29, concluiu que o triplex no Guarujá (SP), atribuído pelo Ministério Público Federal (MPF) ao ex-presidente Lula, vale R$ 2,2 milhões. O apartamento fica localizado em frente à praia, no bairro Jardim Astúrias.

Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância, também ordenou que o imóvel seja vendido em leilão público, realizado preferencialmente de forma eletrônica.

A oficial de Justiça Flávia Matos Vaz, de acordo com o portal G1, foi a responsável pela vistoria. Segundo ela, no primeiro andar do imóvel, há uma sala com varanda, cozinha e área de serviço, lavabo e uma suíte.

Três quartos compactos, sendo uma suíte, um banheiro e um hall de distribuição compõem o segundo andar.

Já no terceiro andar do apartamento, há uma sala, uma área externa, uma churrasqueira e uma piscina.

"Existe um elevador que integra os três andares, sendo que não foi possível verificar seu funcionamento visto que a luz da unidade não está ligada", informou a oficial de Justiça.

Ainda de acordo com a avaliação judicial, tanto o apartamento quanto os armários e camas estão em bom estado de conservação. Apenas os móveis da parte externa apresentam sinais de desgaste.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.

publicidade