RONDONOTICIAS sábado, 15 de dezembro de 2018 - Criado em 11/10/2001

Rinoplastia: conheça duas técnicas mais utilizadas nesse procedimento

Procedimento aberto ou fechado pode proporcionar ao paciente o nariz dos sonhos


Notícias ao Minuto

03/10/2018 10:33:33 - Atualizado


rinoplastia é uma cirurgia realizada no nariz com algumas finalidades, podendo ser estética, reparadora ou funcional. Esse procedimento é considerado de baixo risco e de rápida recuperação, já que o paciente consegue retornar a sua rotina em poucas semanas, mesmo com algumas restrições.

Segundo o otorrinolaringologista da Clínica Dolci, em São Paulo, e professor na Santa Casa, Dr. Eduardo Landini Lutaif Dolci, o procedimento é indicado para pacientes que possuem obstrução nasal, deformidades congênitas, fraturas ou queixas estéticas. “Não existe idade ideal para realizar esse procedimento, mas é importante que a/o paciente já tenha o desenvolvimento completo da face, podendo variar em cada paciente, mas geralmente ocorre após os 15 anos de idade em mulheres e 16-17 anos em homens”, explica Dr. Eduardo.

Esse procedimento cirúrgico ainda pode ajudar pessoas que sofrem com obstrução nasal crônica e respiração oral: “Quando a cirurgia é feita com objetivos funcionais, a rinoplastia visa melhorar a função primordial do nariz, a respiração, auxiliando em uma melhora na qualidade de vida dos pacientes”, conta o otorrino.

Aberta ou fechada?

Segundo Dr. Eduardo Dolci, vários fatores implicam na escolha: “Para decidir o melhor tipo de rinoplastia para cada paciente, analisamos as estruturas do nariz, ossos e a cartilagem. Quem faz a escolha do melhor tipo de procedimento é o médico especialista".

A rinoplastia aberta, ou exorinoplastia, é quando o cirurgião faz pequenas incisões na columela nasal, que é o tecido que separa as narinas. Depois disso, a pele é levantada, expondo a parte interna do nariz. “A exorinoplastia dá ao médico maior visibilidade da estrutura do nariz”, conta o médico.

Já na rinoplastia fechada, ou endorinoplastia, ocorre quando as incisões são feitas dentro da narina e a pele não é levantada e, com instrumentos menores, o cirurgião irá corrigir o nariz. “Esse procedimento é o mais conhecido, justamente por ser menos invasivo”, diz o otorrinolaringologista.

A recuperação é rápida, em cerca de uma semana o paciente já consegue voltar à rotina de trabalho, sempre tomando muito cuidado com o nariz. “Nas primeiras semanas o inchaço já desaparece, lembrando que o paciente não deve usar óculos, nem praticar esportes no primeiro mês. Após esse período, a prática de exercícios leves, como a caminhada, estão liberados. Exercícios mais pesados, como a musculação, só devem voltar a ser feitos depois de três meses”, finaliza o especialista.

A rinoplastia é um procedimento cirúrgico que deve ser indicado e realizado por um especialista. Procure um médico para a recomendação do melhor tipo de procedimento.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.