RONDONOTICIAS quinta-feira, 18 de julho de 2019 - Criado em 11/10/2001

“Erros profissionais têm aumentado de forma exponencial”, afirma presidente do Cofen

No programa, Manoel Neri atribuiu situação preocupante aos cursos de ensino à distância na área de enfermagem, que segundo ele, não têm oferecido estrutura necessária


Jaqueline Alencar / Rondonoticias

25/06/2019 09:49:40 - Atualizado

PORTO VELHO RO - O Programa a Voz do Povo, apresentado pelo jornalista e advogado Arimar de Souza Sá ao vivo de segunda-feira à sexta-feira do meio-dia às 13 horas na capital em pela Rádio Caiari 103,1 e pela Antena FM em Rede Estadual, recebeu nessa segunda-feira (24), o presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) Manoel Carlos Neri da Silva, bacharel e licenciado em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR), especialista em educação ambiental e desenvolvimento sustentável.

No programa, o presidente explicou que o Cofen, é um órgão de fiscalização, regularização e disciplina das profissões vinculadas à ele como enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, além dos enfermeiros obstetras e outras duas novas modalidades: a enfermagem esportiva e de coaching, regulamentadas recentemente pelo Conselho Federal.

De acordo com Manoel Neri, atualmente os enfermeiros atuam em mais de 83 modalidades que englobam os cursos de graduação e pós, além de outras profissões que atuam na área.

O presidente destacou também que o Cofen, é o único Conselho Federal que oferece um programa de mestrado profissional através de convênio com a CAPS, órgão vinculado ao Ministério da Educação e que vai formar 500 mestres em todo o país visando a melhoria da assistência à enfermagem.

Ensino a distancia


Questionado sobre a qualidade do ensino, e os cursos oferecidos à distância, oferecidos por algumas instituições na área, Manoel Neri admitiu que o próprio ensino presencial “tem sofrido uma baixa nos últimos tempos”, que tem piorado sua qualidade com o advento do ensino a distancia.

“Somente a Medicina ainda não têm cursos à distância, outras 13 áreas da saúde tem. O maior problema disso, é que os pólos de formação são em cidades pequenas. No interior de Rondônia por exemplo, existem diversos. Mas o Curso de Enfermagem, como qualquer outro da área de saúde, precisa de equipamentos de estágio, um Hospital que ofereça clinicas,UTI, hemodinâmica, Pronto Socorro e toda estrutura de assistência à saúde. E nestes municípios pequenos, sabemos que não há campo de estágio adequado para as áreas de atuação”, explanou.

De acordo com o presidente, o assunto será tratado com o presidente nacional de Educação, pois, o profissional de enfermagem, exemplificou mais uma vez, tem de sair de uma graduação, sabendo atuar em uma UTI. “Mas como ele fará isso, se não fez um estágio adequado?”, questionou.

A facilidade de acesso ao Ensino Superior, promovida pelo Governo Federal, complementou Manoel Neri, é bem vinda, “no entanto, não podemos considerar apenas a quantidade, e sim a qualidade”.

Erros profissionais

A falta de qualificação de qualidade, acrescentou o presidente, tem resultado em erros profissionais, que segundo ele, se revertem em processos éticos e criminais que chegam aos Conselhos de Enfermagem que têm aumentado de forma exponencial.

“O número de profissionais que têm cometidos erros, inclusive com processos criminais, tem aumentado muito no país”, lamentou, completando que projetos como a proibição do ensino a distancia na área já foram apresentado em âmbito nacional e campanhas neste sentido vêm sendo realizadas pelo Cofen desde o ano passado.

Direito à prescrição

No A Voz do Povo, Manoel Neri também falou sobre relação entre médicos e enfermeiros, que tem sido alvo de reclamação da categoria; a disputa judicial com o Conselho Federal de Medicina que resultou no direito aos enfermeiros de prescreverem medicamentos e requisitar exames; sobre atuação dele em favor do estado no âmbito nacional do Conselho; intermediação junto ao Governo na PEC da Reforma da Previdência em relação aos profissionais de enfermagem; e outros assuntos de interesse dos ouvintes, que, como é praxe no programa, tiveram direito à resposta, atendido pelo entrevistado.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

A VOZ DO POVO - Entrevista presidente Cofen Manoel Neri


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.