RONDONOTICIAS terça-feira, 23 de outubro de 2018 - Criado em 11/10/2001

NA CAPITAL: Portaria instaurada investigará médicos plantonistas faltosos

O caso foi de muita repercussão na imprensa, o que levou o prefeito Hildon Chaves a se explicar nos meios de comunicação.


Rondonoticias

31/01/2018 15:24:06 - Atualizado


PORTO VELHO, RONDÔNIA - A Procuradoria Geral do Município instaurou uma Portaria nomeando uma comissão processante formado por servidores de carreira para investigar a conduta supostamente omissiva de dois médicos plantonistas que se ausentaram em seus horários de plantão no mês de janeiro.

A conduta teria acontecido na Policlínica José Adelino da Silva, no bairro Ulysses Guimarães e teve consequências drásticas após a morte de uma paciente por infarto, por falta de atendimento. O caso foi de muita repercussão na imprensa, o que levou o prefeito Hildon Chaves a se explicar nos meios de comunicação.

Segundo o prefeito, além das ausências dos médicos nos plantões, vários desses profissionais tem utilizado de forma indevida atestado médico para obterem dispensa do serviço. As dispensas, segundo a Semusa, estão sendo investigadas, e ocorrem em sua maioria, pontualmente aos finais de semana.

O mesmo médico que se ausentou do plantão se incriminou ao tirar uma selfie em outro posto de trabalho: o Hospital da Guarnição. Segundo a Portaria, os médicos vão responder por infração aos incisos I, VI, XIX e VI, previsto nos artigos 141 (ausentar-se do serviço durante o expediente) e 156 (insubordinação grave em serviço).

Se forem considerados culpados, eles podem ser demitidos do serviço público.

Processo nº 04.0002/CD/PGM/2018.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.