20/02/2015 08:38:42 - Atualizado em 20/02/2015 11:25:01

Investigação: Sticcero fiscaliza convenção coletiva em Cacoal e Vilhena

Porto Velho - Rondônia: O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sticcero) vem investigando as empresas que não estão cumprindo os acordos coletivos de trabalhos e a convenção coletiva. 

Para tratar desses assuntos, o presidente do Sticcero, sindicalista Raimundo Toco, e os sindicalistas Laia e Borges estiveram nesta quinta-feira (19) em Cacoal para fiscalizar o descumprimento de convenção coletiva, por parte da Empresa Mave, sobre o plano de saúde dos trabalhadores 2014/2015.O Sticcero e o Sindicato das Indústrias da Construção Pesada de Rondônia (Sinecon) assinaram a convenção coletiva 2014/2015 e algumas empresas estão sendo denunciadas por não cumprirem.

No final da semana passada, em Ouro Preto do Oeste, os trabalhadores da Empresa Mave cruzaram os braços por terem sido abandonados pela citada empresa. O Sticcero teve que sair em defesa dos trabalhadores e as rescisões foram pagas, sem o cumprimento do plano de saúde. "Vamos buscar os direitos dos trabalhadores na Justiça e, para tanto,acionamos nosso Departamento Jurídico para que tome as providências que o caso requer", assegurou Toco

.Nesta sexta-feira (20), os sindicalistas estarão participando, em Vilhena, de reuniões com os trabalhadores da Empresa Beto que, segundo as denúncias, também não vem respeitando a convenção coletiva de trabalho em relação ao plano de saúde. 

Toco, Laia e Borges aproveitam a reunião para, ao final, filiar trabalhadores no Sticcero.

fonte: Assessoria

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias

mais lidas