• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 17 de agosto de 2022

O Dia na História - Compilação do jornalista Lúcio Albuquerque

Dia do Agricultor, Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais


Lúcio Albuquerque

Publicada em: 28/07/2022 17:42:53 - Atualizado


Lucio Albuquerque

Jlucioac@gmail.com.

BOM DIA 28 DE JULHO!

HOJE É

Dia do Agricultor, Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

Católicos celebram Santa Afonsa da Imaculada Conceição, São Vitor I, São Nazário, São Celso, São Inocêncio I, Beato Urbano II, Beato Botuído da Suécia

RONDÔNIA

1915 – Funciona Porto Velho a primeira escola pública mista do município. A professora a senhorita Tevelina Guapindaia. 1915 – O prefeito Guapindaia Brejense inaugura a capela do Cemitério dos Inocentes.

BRASIL

1919 – Toma posse o 11º presidente brasileiro, Epitácio Pessoa. 1938 – Cercado por uma “volante” da PM de Sergipe, Virgulino Ferreira da Silva, vulgo Lampião, morre na fazenda de Angicos (SE). 1960 - O presidente Juscelino Kubistchek cria, por decreto o Ministério da Agricultura.

MUNDO

1750 — Morre o compositor alemão Johann Sebastian Bach. 1933 – O Rudy Vallée recebe o 1º telegrama cantado, como presente de aniversário. 1996 — Descobertos os restos do homem pré-histórico conhecido por “Homem de Kennewick”. 2016 – Encontrada na Bolívia a maior pegada de dinossauro carnívoro.

FOTO DO DIA

1973 – Em Vilhena, o Brigadeiro Paulo Sobral, comandante da Iª Zona Aérea, na foto com o sargento Aymoré, comandante do posto de apoio da FAB aos aviões que sobrevoavam a região. O Brigadeiro fora ao então distrito de Porto Velho para fechar o entendimento, intermediado pelo sargento Aymoré com o proprietário da área onde está hoje o aeroporto “Brigadeiro Camarões”, o comerciante João Naconeshy, conhecido por “Gaúcho Açougueiro”, que recebeu do Incra, em troca, outra área de terra. O novo aeroporto da “Cidade Clima”, hoje sob responsabilidade do governo estadual, foi inaugurado nove anos depois, em 1982, pelo presidente João Figueiredo. Na área do antigo campo de pouso, foram construídos vários prédios e o centro político-administrativo vilhenense. (F. Acervo e informações Alexandre/Texto Lúcio Albuquerque)