RONDONOTICIAS segunda-feira, 27 de maio de 2019 - Criado em 11/10/2001

Governo retoma Conselho do Turismo com ações para promover setor


Secom

06/03/2019 17:03:55 - Atualizado

Vista do alto da Serra dos Pacaás Novos, Rondônia. Paisagem que poucos já viram, devido ao difícil acesso ao lugar especial

PORTO VELHO RO - Foi retomado o Conselho Estadual de Desenvolvimento do Turismo (Cedtur) com uma primeira reunião no salão nobre Governador Jerônimo Santana, no 9º andar do edifício Rio Pacaás Novos, Palácio Rio Madeira. Vinculado à Superintendência Estadual de Turismo (Setur), o Conselho reuniu secretarias de Estado que serão envolvidas nas ações e todos os setores ligados ao trade turístico em Rondônia.

O superintendente da Setur, Gilvan José Pereira Júnior, foi apresentado aos membros do Cedtur, e apresentou as novas propostas do Estado para alavancar o setor. “O governador coronel Marcos Rocha está muito feliz com os nossos projetos e nos deu ‘carta branca’ para retomar o Conselho, que estava parado desde 2011 e foi extinto em 2017. Com a parceria de todos os membros aqui convidados para fazer parte das nossas ações, faremos a diferença para que o turismo cresça em Rondônia”, declarou.

A primeira medida da nova gestão foi a contratação de profissionais da área para a realização dos projetos e ações. “Tínhamos uma superintendência de turismo que não tinha turismólogos e técnicos que pudessem validar as ações”, completou Gilvan. Foram contratados cinco turismólogos, dois engenheiros florestais e uma equipe técnica financeira para executar os recursos das ações da Setur.

“Queremos gerar um sentimento de pertencimento, que as pessoas sintam que pertencem ao estado, e conheçam as belezas de sua terra”, disse Gilvan, superintendente da Setur.

Mapa Turístico

Aos membros, o superintendente apresentou o mapa turístico do estado, que contempla 22 municípios reconhecidos pelo governo federal para captar recursos que devem ser investidos no setor, considerando desde a reforma de praças e construções de portais. Um decreto de regulamentação deve ser editado e publicado nos próximos dias para criar, oficialmente, o conselho. Gilvan anunciou ainda que os membros serão convidados a assinar um Pacto do Desenvolvimento do Turismo de Rondônia, e os recursos para a execução das ações e projetos será proveniente do Fundo Estadual de Turismo (Fundestur) que será alimentado por pequenas taxas a serem discutidas e repassadas por parceiros como agências de turismo, hotéis e outras empresas ligadas ao setor.

Um dos projetos mais importantes para a Setur, considerado por Gilvan o âncora das ações, é Programa Viaja Mais Servidor. “Vamos criar meios para promover descontos em viagens, aluguel de veículos, hotéis, restaurantes, e assim venderemos o nosso Estado para os próprios rondonienses, começando pelos nossos servidores. Queremos gerar um sentimento de pertencimento, que as pessoas sintam que pertencem ao estado, e conheçam as belezas de sua terra. Rondônia tem tudo, tem turismo de pesca, de aventura e cultural”.

A Setur deve incentivar e mediar linhas de crédito através dos parceiros bancários para fomentar os pequenos negócios, e orientar as prefeituras sobre como investir os recursos em melhorias. “Contamos com todos os membros e parceiros. O DER, por exemplo, é fundamental na manutenção das estradas de acessos aos locais turísticos. Todos poderão agregar importantes papéis nesse processo, inclusive as instituições de ensino como o IFRO e o Senac, que poderão oferecer cursos de capacitação para garçons, formação para guias de turismo, enfim, todos os envolvidos no setor”, considerou o superintendente.

E para começar a movimentar os envolvidos com o crescimento e promoção do turismo, foi anunciado na reunião do Cedtur o 1º Encontro de Prefeitos, Secretários e Empresas do Trade Turístico do Estado. O evento acontecerá no Hotel Graúna, em Ouro Preto D’Oeste, nos dias 13 e 14 de março, onde serão formados os conselhos municipais e serão ministrados workshops de orientação sobre como trabalhar os recursos e investimentos.

Foram convidados a compor o conselho como membros representantes da Sedam, Seduc, Seagri, Sepog, Seas, Sejucel, Secom, Sedi, Sesdec, Semdestur, Unir, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco da Amazônia, Ifro, Iphan, Abih, Senac, Sebrae, Abrasel, Sindhotel, Arom, Fecomércio, Irtur, Singtur, Associação de Pescadores Amadores de Rondônia – Só pescar, Sindbebidas, Abav, e DER.



Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.