RONDONOTICIAS quinta-feira, 18 de abril de 2019 - Criado em 11/10/2001

Concurso da PRF tem 129 mil inscritos; local de prova sai no dia 30

Rondônia recebeu 8.202 inscrições para 75 oportunidades, ou seja, 110 candidatos por vaga


acheconcursos

29/01/2019 10:09:56 - Atualizado

A Polícia Rodoviária Federal e o Cespe/Cebraspe divulgaram nessa segunda (28) a concorrência do Concurso que está em andamento para seleção de Policiais Rodoviários Federais. De acordo com o documento divulgado, no total, foram registrados 129.152 inscritos. Nesse número estão inclusos os candidatos da ampla concorrência, os que se declararam com deficiência e os autodeclarados negros.

O certame tem 500 vagas para o cargo, distribuídas em 17 estados brasileiros e, entre todos, o que mais recebeu inscrições foi o Pará, cuja soma de inscritos chegou a exatos 12.700. Depois, em segundo lugar ficou o estado de Goiás, com 12.605 e na sequência ainda está o Rio Grande do Sul com 11.559 candidatos.

No entanto, no que se refere à concorrência, o estado que tem mais candidatos por vaga é Minas Gerais que recebeu 9.510 inscrições para apenas 9 vagas. Isso representa uma disputa de 1056 candidatos por vaga. Em segundo lugar está o Rio de Janeiro que teve 8918 inscritos para 10 vagas, contabilizando cerca 891 candidatos por vaga. Na situação oposta está o estado de Rondônia que recebeu 8.202 inscrições para 75 oportunidades, 110 candidatos por vaga.

No que se refere aos candidatos que se declararam com deficiência, foram registradas 556 inscrições, e o estado que mais teve inscritos nessa categoria, mais uma vez foi o Pará. Já o número de candidatos que se autodeclararam negros foi de 18.059 e a Bahia foi a unidade federativa que mais teve candidatos nesse grupo. Os candidatos com deficiências disputaram entre as 33 vagas reservadas exclusivamente para eles, e os candidatos negros, por sua vez, disputarão entre 100 vagas específicas - Confira o documento completo da demanda de candidatos por vaga.

Locais de provas PRF

Além do número de inscritos, também está previsto, para ser publicado nessa quarta-feira, dia 30 de janeiro, o documento informando os locais exatos de provas. Já se sabe, no entanto, que as provas objetivas e a prova discursiva serão realizadas nas capitais dos estados onde há vagas disponíveis no dia 3 de fevereiro de 2019, a partir das 14 horas, de acordo com o horário de Brasília (DF). Além disso, um documento publicado na última semana apontava que a prova terá 4h30 minutos de duração. Os locais poderão ser conferidos no site do Cespe.

Os gabaritos oficiais preliminares da prova objetiva serão divulgados pelo Cespe às 19 horas do dia 4 de fevereiro e o edital de resultado final na prova objetiva e de resultado provisório na prova discursiva será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na internet na data provável de 20 de fevereiro de 2019. Serão corrigidas as redações de um número determinado de aprovados na prova objetiva, até 5 vezes o número de vagas ofertadas, respeitando as reservas para negros e pessoas com deficiência. Os demais já estarão eliminados do concurso.

O Concurso

Organizado pelo Cespe/Cebraspe, o concurso da PRF teve seu edital publicado no fim de novembro de 2018, abrindo seleção para 500 novos servidores. A distribuição das vagas foi determinada da seguinte forma:

Acre - 17 vagas

Amazonas - 28 vagas (antes 23)

Amapá - 23 vagas (antes 28)

Bahia - 17 vagas

GO - 27 vagas

Maranhão - 18 vagas

Minas Gerais - 9 vagas (antes 57)

Mato Grosso do Sul - 35 vagas

Mato Grosso - 57 vagas (antes 9)

Pará - 81 vagas

Piauí - 22 vagas

Rio de Janeiro - 10 vagas

Rondônia - 74 vagas (antes 15)

Roraima - 15 vagas (antes 23)

Rio Grande do Sul - 23 vagas (antes 74)

São Paulo - 19 vagas

Tocantins - 25 vagas

A remuneração inicial da carreira de Agente da PRF, que era de R$ 7 mil em 2016, é hoje de R$ 9.473,57 e passará para R$ 9.899,88 em janeiro de 2019, após a sanção do projeto de lei 5865/2016, que reestrutura os vencimentos. Há ainda o benefício de auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Os ingressantes em áreas de fronteira recebem ainda um adicional de R$ 91,00 por dia trabalhado.

Para fazer parte do quadro de policiais rodoviários federais é necessário ter ensino superior completo em qualquer área de formação e ainda carteira de habilitação, no mínimo em categoria "B". Segundo as atribuições do cargo, Policiais Rodoviários atuam na fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional do Departamento de Polícia Rodoviária Federal.

Etapas da seleção

Os candidatos passarão por várias etapas de avaliação, sendo: Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório com 120 questões divididas em três blocos; Prova discursiva com texto dissertativo de até 30 linhas; Exame de capacidade física; Avaliação de saúde; Avaliação psicológica; Avaliação de títulos; Investigação social e Curso de formação profissional.

A prova objetiva terá 3 blocos, envolvendo:

- Bloco I - questões de língua portuguesa, raciocínio lógico-matemático, informática, noções de física, ética no serviço público, geopolítica brasileira, história da PRF;

- Bloco II - legislação de trânsito;

- Bloco III - noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e de direito processual penal e legislação especial.

O prazo de validade do concurso esgotar-se-á após 30 dias, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final do curso de formação profissional, podendo ainda ser prorrogado, uma única vez, por igual período. Veja o edital da seleção.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.