RONDONOTICIAS domingo, 19 de maio de 2019 - Criado em 11/10/2001

Yanna vai processar perfis que a envolveram em 'caso Loreto'

Débora e Loreto anunciaram no dia 16 de fevereiro que não estavam mais juntos, provocando, não apenas comoção, mas também muita especulação


Notícias ao Minuto

28/02/2019 13:28:07 - Atualizado

A atriz Yanna Lavigne, 28, a Laura de "O Sétimo Guardião" (Globo), contratou um advogado para processar perfis de redes sociais e meios de comunicação que a apontam como pivô da separação do colega de elenco José Loreto com a atriz Débora Nascimento.

A informação é do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo. Débora e Loreto anunciaram no dia 16 de fevereiro que não estavam mais juntos, provocando, não apenas comoção, mas também muita especulação.

O divórcio logo levantou suspeitas de traição de Loreto, o que foi alimentado quando algumas atrizes famosas pararam de seguir Marina Ruy Barbosa, 23, nas redes sociais. Marina é protagonista da novela de Aguinaldo Silva e faz par romântico com o ator.

Yanna Lavigne é casada com o também ator Bruno Gissoni, 32, com quem tem um filho. Inclusive, Gissoni chegou a defender a mulher nas redes sociais. Carolina Dieckmann, 40, também acabou vítima da mesma suspeita, após um abraço entre ela e Loreto ser registrado em um vídeo postado por Marcelo Serrado, 42, nas redes sociais.

Alguns internautas congelaram um frame que daria a entender que os dois se beijaram.  Ela afirmou que entende a dúvida de alguns fãs que a apontaram como possível affair do ator e que perdoa as pessoas que pensaram mal dela.

"Qualquer pessoa entenderia [o frame em que ela aparece abraçando o ator], mas realmente eu concordo que o momento em que foi tirado aquilo, gera comentários, dúvida nas pessoas, mas eu perdoo quem pensou mal de mim. A verdade um dia aparece, as coisas estão aí. Eu entendo", afirmou a atriz no bloco da Preta Gil, no Rio, no último domingo (24).

Em meio aos "ataques" às supostas amantes do ator, José Loreto postou uma mensagem de desculpas a Débora Nascimento, em que afirmou que, "apesar das evidências, nada aconteceu". Ele não citou nomes, mas disse se arrepender: "Não fui legal com você, cruzei fronteiras emocionais que hoje me arrependo profundamente."

A declaração do ator, no entanto, não teria sido uma iniciativa própria, segundo o jornalista Leo Dias, do programa Fofocalizando (SBT). Ele afirmou que a ordem teria partido da Globo, para preservar "a principal estrela e protagonista, Marina Ruy Barbosa". Procurada, a emissora não confirmou a afirmação do jornalista.

Enquanto as especulações continuam, a Globo confirmou que todos os atores envolvidos continuam a gravar normalmente. O próprio autor de "O Sétimo Guardião", Aguinaldo Silva, afirmou nesta quinta (21) que a trama não terá mudanças e que Gabriel (Bruno Gagliasso) e Junior (Loreto) continuarão a lutar pelo amor da Luz (Marina).


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.