13/01/2018 11:28:12 - Atualizado em 13/01/2018 12:17:13

CHEIA: Madeira sobe perto dos 14 metros; autoridades ficam em estado de alerta

PORTO VELHO, RO - A enchente do Rio Madeira avança na velocidade da luz. De acordo com a meteorologia, o rio está há apenas vinte e cinco milímetros de atingir a cota máxima na capital de Rondônia. na última medida feita, na última sexta feira, 12, a Defesa Civil registrou 13,75 metros acima do nível normal.

O chefe da Defesa Civil na capital, Marcelo Souza, explicou que as ações para contenção dos impactos ocasionados pela cheia já estão sendo desempenhadas, uma vez que o rio está muito próximo dos 14 metros, medida que levaria o município a ficar em estado de alerta.

Ainda conforme a equipe de Souza, por volta das 06h o rio chegou ao nível de 13,87 metros, porém retrocedeu um pouco com o passar das horas, para Marcelo Souza, caso o rio chegue aos 14 metros e se mantenha nessa nivelação por mais de dois dias, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) decretará o alerta para Porto Velho e distritos, colocando em prática o plano de contingência de competência da Defesa Civil.

“Estamos monitorando, nós temos um plano de trabalho, mas vamos nos manifestar apenas no momento oportuno, o prefeito está preocupado e vem acompanhando de perto esse caso”, falou Marcelo Souza.

Para ele, um dos fatores climáticos que fazem com que as autoridades fiquem em alerta é o fenômeno conhecido como Lã Nina, responsável pelo esfriamento das águas em nosso região, levando às intensas chuvas que alagaram cidades na Bolívia, porém ainda é cedo para afirmar que haverá uma enchente dentro de Porto Velho, distrito e regiões ribeirinhas.

Um relatório de pré-cheia emitido pelo Sistema de Proteção da Amazônia – SIPAM, será entregue em breve às autoridades da capital apontando um prognósticos para os próximos três.

Conforme o chefe da Defesa Civil, as autoridades devem ficar atentas.

Sobre outras causas, como o aumento da capacidade de retenção de águas nas usinas do madeira, ele preferiu não emitir juzo de valor

fonte: Rondonoticias

comentar

comments powered by Disqus

Ultimas Notícias