RONDONOTICIAS sexta-feira, 24 de maio de 2019 - Criado em 11/10/2001

Rodadas de negócios antecedem a 8ª Rondônia Rural Show

Eventos facilitam financiamentos para os produtores em Rondônia


Secom

28/03/2019 15:30:32 - Atualizado

A Rondônia Rural Show tem busca fomentar o crescimento do setor agropecuário

RONDÔNIA - Após sete edições da maior feira de agronegócio da Região Norte, a 8ª Rondônia Rural Show promete maior consolidação do potencial produtor do Estado e progressão da economia por meio dos negócios realizados. Expositores, indústrias e visitantes se reunirão durante quatro dias, no Parque Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, de 22 a 25 de maio, com incorporação da 2ª Feira do Agronegócio do Leite (Rondoleite). Mais de 100 mil pessoas devem comparecer nesta edição, que proporcionará grandes oportunidades de inovação, tecnologia e negócios sobre a produção no campo, com expectativa de mais de R$ 700 milhões comercializados no Estado, com a proximidade dos maiores produtores do agronegócio distribuídos em uma área com 50 hectares.

Segundo a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), o Governo do Estado disponibilizará um ônibus por município para levar os produtores, principalmente da agricultura familiar e assentamentos, para participação e obtenção de conhecimento de tecnologia. Mais de 500 expositores participarão da feira e o espaço disponibilizado para a exposição não tem custo. Uma área com mais de 90 agroindústrias familiares de todo o Estado permitirá a comercialização de produtos aprovados por critérios de qualidade. Mais de 99 postos de artesanatos apresentarão produtos do Estado e países vizinhos. Outro espaço, para o comércio nacional e internacional, será desenvolvido pela Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), atraindo as indústrias para expor os produtos regionais e internacionais e promovendo um intercâmbio comercial com representantes das embaixadas localizadas no Brasil.

“Os países vizinhos, por exemplo a Bolívia. Há uma tratativa com a Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Sefin (Secretária de Finanças de Rondônia), Exército e Marinha, para colocar uma “duana” provisória (alfândega) em Costa Marques, devido às caravanas de produtores bolivianos que vem ao país comprar produtos na Feira”, afirmou Evandro Padovani, secretário da Seagri, pois o Estado ainda não tem uma alfândega definitiva neste município e pretende facilitar com antecedência a viabilização do comércio.

Rondônia Rural Show contará com estrutura para receber mais de 100 mil pessoas

As rodadas de negócios que antecedem a feira iniciaram em alguns municípios e já resultaram em financiamentos de quase R$ 30 milhões. Com o objetivo de divulgar a Rondônia Rural Show e proporcionar possibilidades de aquisições, o total de sete rodadas devem acontecer ainda em Costa Marques, Rolim de Moura, Machadinho D’Oeste e Porto Velho, onde os produtores do Estado encaminharão propostas de financiamento e renovação de cadastros junto aos bancos oficiais. “Os produtores vem, os bancos financiam, e a Emater (Assistência Técnica e Extensão Rural) cadastra. Isso faz parte do montante da Feira”, explicou o secretário. A Seagri conta com um comitê de crédito que analisa as propostas junto aos banco, acompanhando o encaminhamento e protocolo, liberação e impedimentos, buscando saber como facilitar por meio do Estado o acesso ao crédito e ajudar o produtor a realizar seu sonho.

Em fase de finalização da programação, a Secretaria destaca na exposição: máquinas e implementos agrícolas, caminhões, veículos, produtos agropecuários e da agroindústria, artesanato e agroindústria familiar; na piscicultura: tanque escavado, sistema integrado, tanque rede, vitrine tecnológica e modelo de sistema sustentável; na pecuária: Rondoleite, mostra de gado leiteiro, palestras sobre caracterização racial, mostra de gado de corte, shopping pró-genética e nutrição animal; e tecnologia com sustentabilidade: vitrine ecológica, abacaxi, arroz, banana, cacau, café clonal, essências florestais, eucalipto, hortaliças, maracujá, milho, soja e sorgo, exposição de técnicas de cultivo e colheita, produção com proteção e preservação dos recursos naturais e sustentabilidade socioambiental, recomposição de matas ciliares, políticas públicas e agroecologia. Além das linhas de crédito, com taxas especiais para compras durante o evento.

A Rondônia Rural Show tem como propósito o crescimento do setor agropecuário, com a experiência de interação de especialistas, pesquisadores, indústrias e produtores que movimentam a economia na região e desenvolvimento do Estado.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.