RONDONOTICIAS quinta-feira, 18 de julho de 2019 - Criado em 11/10/2001

Produção de peixe em RO segue em alta e chega a 95 mil toneladas/ano

Festival Tambaqui da Amazônia vai ser realizado no dia 7 de agosto na Esplanada dos Ministérios, em Brasília


Assessoria

11/07/2019 07:24:44 - Atualizado

RONDÔNIA - Com um crescimento de 8,63% nos últimos três anos, a produção de peixe em Rondônia segue fomentando a economia. Os dados foram divulgados nesta semana pelo Governo de Rondônia em seu portal oficial.

Em 2016 a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sedam) registrou 14.544 hectares de espelho-d’água destinadas para a criação de peixes. Já em 2018 foram registrados 15.800/ha.

Com base nesses dados, o Governo de Rondônia faz uma projeção de produção de 95.534,37 toneladas ao ano. O Estado possui 4.308 empreendimentos cadastrados e licenciados exclusivamente para comercialização e produção.

A gerente de aquicultura e pesca da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), Maria Mirtes Pinheiro, destacou que o crescimento nesses últimos anos foi sustentável e mostra que a cadeia produtiva está se consolidando em Rondônia.

TAMBAQUI DA AMAZÔNIA

O presidente da Associação dos Criadores de Peixes de Rondônia (ACRIPAR), Francisco Hidalgo Farina, comemora os resultados alcançados e lembra que no mês de agosto o peixe de Rondônia vai ter projeção nacional com a realização do primeiro Festival Tambaqui da Amazônia, que vai ser realizado na Esplanada dos Ministérios. “Estamos trabalhando em parceria com várias organizações para levarmos para a mesa da população do Distrito Federal uma experiência gastronômica de uma proteína saudável”, destaca.

O Festival Tambaqui da Amazônia vai ser realizado no dia 7 de agosto na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O evento foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro e o Secretário Nacional da Pesca Jorge Seif em uma transmissão ao vivo nas redes sociais do presidente da república. 


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.