RONDONOTICIAS quinta-feira, 18 de abril de 2019 - Criado em 11/10/2001

Detentos se revoltam após ação conjunta realizada no presídio

A ação foi realizada entre a PM que encontra-se nos presídios após a decretação de intervenção militar e os agentes penitenciários


Folha do Sul Online

11/02/2019 15:02:45 - Atualizado


VILHENA, RO - Na manhã de domingo, 10, detentos do Centro de Ressocialização Cone Sul, em Vilhena, tentaram iniciar uma rebelião na unidade prisional, contudo a ação foi controlado por agentes penitenciários de plantão, bem como por mais de 50 policiais militares.

De acordo com Claudinei da Costa Farias, vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários e Socioeducadores de Rondônia (Singeperon/RO), os detentos iniciaram o tumulto nas próprias celas, após a efetivação da operação “pente fino” realizada pela PM em conjunto com os agentes penitenciários no sábado, 09, e não em virtude da suspensão de visitas, que já estão normalizadas ou banho de sol como vinha sendo divulgado.

Naquele dia, foram retiradas das celas vários objetos não permitidos, sendo eles, celulares, chuchos (facas artesanais), estilete, chips de celular, carregadores de celular, Pen Drive, martelos, talhadeiras, TVs e aparelhos eletrônicos.

Ainda segundo Claudinei, durante o tumulto, os detentos danificaram várias celas, mas não chegaram a sair do corredor, pois os agentes ficaram atentos a toda a movimentação. “Danificaram as celas, mas não houve prejuízos maiores, diz Claudinei.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.