RONDONOTICIAS sexta-feira, 24 de maio de 2019 - Criado em 11/10/2001

Acusado de matar esposa com dois tiros vai a Júri na capital

Edna Braz chegou a ser socorrida mas à caminho do Hospital, não resistiu aos ferimentos. Julgamento será nessa segunda-feira, dia 25


Rondonoticias e TJ/RO

22/03/2019 15:13:02 - Atualizado

Edna Braz chegou a ser socorrida mas à caminho do Hospital, não resistiu aos ferimentos. Foto: divulgação

PORTO VELHO RO - Por não aceitar o fim do relacionamento com sua esposa, Erivaldo Resende de Meireles, que se encontra preso, vai a julgamento, na próxima segunda-feira (25) no 2º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho, sob acusação de matá-la com dois tiros na cabeça. 

Ele responde por feminicídio, mais as agravantes de motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. O crime aconteceu no dia 16 de julho de 2018, na Zona Rural do distrito de Triunfo, município de Candeias do Jamari.

A sentença de pronúncia narra que no dia dos fatos, a vítima, Edna Braz Nóbrega de Lima, de 44 anos, havia acabado de sair do sítio, em seu veículo, quando avistou o acusado acenando para ela parar. Após Edna estacionar o seu carro e baixar o vidro, iniciou uma discussão relativa ao fim do relacionamento. Por não aceitar, o acusado retirou a chave da ignição do veículo e agrediu a vítima com puxões de cabelo. Em seguida, sacou a arma e atirou na cabeça da mulher.

De acordo com as informações da Polícia, um caminhoneiro que passava pelo local encontrou a mulher ensanguentada dentro do veículo que estava estacionado no acostamento.

A vítima chegou a ser socorrida, mas a caminho do Pronto Socorro do Hospital João Paulo II, não resistiu e morreu. 

SAIBA MAIS: Dois suspeitos são investigados por mandar matar diretora de posto de saúde


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.