RONDONOTICIAS domingo, 18 de agosto de 2019 - Criado em 11/10/2001

“Governador está equivocado ao distanciar o governo da ALE”

No programa, presidente do MDB de RO também analisou impeachment contra o governador como uma “desinformação ao fazer nomeações que não estejam nas normas da constituição”


Jaqueline Alencar / Rondonoticias

23/05/2019 10:51:58 - Atualizado

PORTO VELHO RO - O Programa a Voz do Povo, apresentado pelo jornalista e advogado Arimar de Souza Sá ao vivo de segunda-feira à sexta-feira do meio-dia às 13 horas na capital em 103,1 e pela Antena FM em Rede Estadual, recebeu nessa quarta-feira (22), o ex-senador e presidente do MDB de Rondônia, advogado Tomás Correia.

Na entrevista, Tomás Correia avaliou que o governador do coronel Marcos Rocha está equivocado em manter distanciamento com o Legislativo Estadual, “mas a Assembleia deve abrir um espaço para ele se possa se ajustar. Porém, se há um erro, como bem diz o ditado, não se pode permanecer nele para que a situação não se agrave”.

Impeachment

Ao falar sobre o impeachment contra o chefe do Executivo estadual, o presidente do MDB interpretou o fato como reflexo de uma “desinformação do Governo ao fazer nomeações que não estejam dentro das normas da constituição do estado”, de qualquer forma ainda está muito cedo para uma medida drástica como essa, asseverou.

Também falou sobre o cenário político atual em âmbito federal e estadual e disse que cabe ao MDB, que tem um representante do partido no Senado, outro na Câmara Federal e três na Assembleia Legislativa do Estado “uma postura de observação, sem oposição. Afinal, a governabilidade não depende de acordos e sim de fazer o que é benéfico para a população”, salientou: “Mesmo fazendo oposição ferrenha ao governo Jorge Teixeira, nunca deixei de votar a favor dos projetos do Governo”.

Crise política

Sobre a crise política pós Lava Jato, ressaltou que é preciso definir partido de pessoas, e toda atuação parlamentar está mais próxima da população, diferente da partidária.

No A Voz do Povo, Tomás Correia também falou sobre a BR 364 à qual reafirmou o que disse o deputado federal do partido no programa Lucio Mosquini que “é importante sonhar, mas a duplicação é um projeto à longo prazo. Mas é preciso fazer o dever de casa, que é a manutenção com o tapa buracos e pistas nas curvas, a fim de diminuir os acidentes”.

No programa, o presidente do MDB falou sobre demora excessiva nas decisões judiciais em relação aos processos envolvendo políticos e empresários de alto escalão em nível nacional e estadual; redução de recursos do Código Penal; respondeu questionamentos dos ouvintes; Eleições Municipais de 2020; sobre relação com o ex-chefe da Casa Civil Emerson Castro com o qual “viveu um momento infeliz” conforme classificou; e outros assuntos de interesse de todos.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

A VOZ DO POVO - ENTREVISTA TOMÁS CORREIA


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.