RONDONOTICIAS sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021 - Criado em 11/10/2001

Em todo o país, pessoas "furam fila" para serem vacinadas contra a Covid

E as redes sociais são o palco para os casos, divulgados e comemorados abertamente em cidades da Amazonas, Rio Grande do Norte, Bahia e Sergipe.


Assessoria

Publicada em: 21/01/2021 21:08:12 - Atualizado

O Brasil está vivendo uma verdadeira corrida contra o tempo desde que iniciou a imunização contra a Covid-19 , mas há pessoas tentando se beneficiar "trapaceando" a preferência dos grupos prioritários. 

E as redes sociais são o palco para os casos, divulgados e comemorados abertamente em cidades da Amazonas, Rio Grande do Norte, Bahia e Sergipe. Mas, agora, o Ministério Público está acompanhando as denúncias , que podem levar a ações penais e acusações de improbidade administrativa.

Amazonas


Em Manaus, médicos recém-formados, que não atuam na linha de frente do combate à Covid-19, compartilharam nas redes sociais o momento em que foram imunizados. Entre eles, David Dallas, filho do deputado estadual Wanderley Dallas (Solidariedade), e as gêmeas Gabrielle e Isabelle Kirk Lins, filhas de um empresário local.

Uma das gêmeas chegou a ser nomeada pela prefeitura na véspera e os outros dois foram contratados no dia da vacinação. Mas eles não ocupam cargos na saúde: atuam como gerentes de projetos.

A prefeitura de Manaus cancelou , nesta quinta-feira (21), a campanha de vacinação por um dia para "reformulação". A prioridade serão os profissionais das unidades de referência, de média e alta complexidade, que tenham contato direto com pacientes com Covid-19.

Rio Grande do Norte


Na capital Natal, o Ministério Público estadual investiga denúncias de que funcionários da prefeitura, que não pertecem aos grupos prioritários de vacinação, foram imunizados.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br