RONDONOTICIAS sexta-feira, 19 de abril de 2019 - Criado em 11/10/2001

Ponte do Araras fica submersa e será interditada até quarta-feira, diz DNIT

Cheias atingem várias cidades em todo o estado e preocupa autoridades


Jaqueline Alencar / Rondonoticias

04/03/2019 09:16:38 - Atualizado

NOVA MAMORÉ RO - A Ponte do Rio Araras, localizada na RO-425 próximo a Nova Mamoré, município que fica há pouco mais de 300 km Porto Velho e que liga à Guajará-Mirim, deve ser interditada até a próxima quarta-feira (06), afirmam servidores do Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT) que estão trabalhando no local.

Em vídeo postado nos grupos de whatsapp gravado na tarde desse domingo (3) por um motorista que trafegava pelo trecho, mostra pessoas caminhando pela ponte, comprovando que o nível está acima da ponte.

Nas imagens, os servidores do DNIT confirmam que a previsão é que a ponte será interditada. Confira no vídeo.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) acompanha a situação do local há pelo menos 15 dias. No sábado (2), a equipe foi enviada para avaliação.

Alteamento

Com nível do Rio elevado sobre a ponte, será feito alteamento com novas pranchas de até 40 centímetros. Para isso, o DNIT informa que será necessário a interrupção do tráfego no local por dois dias. Os veículos já transitam com dificuldades pelo trecho desde a semana passada.

As chuvas intensas que também provocaram umidade no solo da região deixaram algumas áreas alagadas e em outras, há deslizamentos de terra, fatores que também têm contribuído com o rompimento de bueiros em alguns trechos da BR-425. Parte do acostamento de uma Rodovia desabou após um deslizamento de terra na Rodovia, zona rural de Nova Mamoré. O local da erosão fica próximo ao km 59. Nas proximidades houve um deslizamento de terra e parte do acostamento desabou danificando um bueiro, que faz o escoamento da água de um pequeno riacho.

319
Parte da BR-319, Rodovia que liga Porto Velho ao Amazonas, também amanheceu com uma lâmina d'água sobre a pista, próximo a cabeceira da ponte sobre o Rio Madeira ontem. Segundo a Defesa Civil, o Rio chegou a atingir a cota de 17,35 m e isolou algumas ruas do centro da capital de Rondônia. De acordo com a Defesa Civil o nível do rio tem aumentado cerca de 20 cm por dia e preocupa autoridades.
A cheia do rio Madeira já atinge mais de 400 pessoas na capital. Mais de 10 famílias estão desabrigadas e pelo menos 28 desalojadas.

Na capital, algumas ruas do perímetro urbano já estão isoladas 

Rio Machado

Em Ji-Paraná, o nível do Rio Machado, que divide o município, registrou 10,41 metros neste final de smeana. Segundo a Agência Nacional de Águas (Ana), o Rio atingiu a maior marca da história no dia 19 do mês passado: 11,60 metros. Em pouco mais de 10 dias de cheia, pelo menos 70 famílias ficaram desalojadas e 10 desabrigadas.

Foto: Rio Machado em Ji-Paraná

Ponte sobre o Rio Araras / Nova Mamoré


SAIBA MAIS: Nível do Madeira inunda centro da capital e dificulta tráfego na Ponte

Governo pontua ações para atender atingidos pela cheia em Rondônia

Prefeito de Porto Velho sobrevoa áreas afetadas do Rio Madeira

Rios de Rondônia estão no limite das grandes enchentes


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.