RONDONOTICIAS domingo, 8 de dezembro de 2019 - Criado em 11/10/2001

“Estou encerrando a minha carreira política”, anuncia Ribamar Araújo

Com cinco mandatos eletivos, ex-deputado se orgulha de deixar legado de uma política honesta, sempre feita sem promessas, compra de votos ou mentiras


Jaqueline Alencar / Rondonoticias

18/07/2019 07:38:21 - Atualizado

PORTO VELHO RO - O Programa a Voz do Povo, apresentado pelo jornalista e advogado Arimar de Souza Sá ao vivo de segunda-feira à sexta-feira do meio-dia às 13 horas na capital em pela Rádio Caiari 103,1 e pela Antena FM em Rede Estadual, recebeu nessa quarta-feira (17), o ex-deputado estadual Ribamar Araújo.

No programa, ele iniciou falando sobre sua candidatura à prefeito na Eleição Suplementar de Candeias do Jamari ocorrida no último dia 7. Disse que apresentou uma candidatura honesta, “à qual, se fosse melhor observada, seria o livramento daquele povo que tanto sofre”.

Ribamar Araújo confessou que se candidatou ao cargo ciente de que seria uma tarefa muito difícil, a de “mudar um município onde está tudo errado, e tudo é válido para vencer uma eleição, de forma condenável, sempre tentando enganar o povo com a mesma prática da velha política de troca de cargos. Mas me apresentei, fiz minha parte, fizemos uma campanha sem promessas, sem compra de votos, e não mentimos uma só vírgula”, afirmou, agradecendo os mais de 2.600 votos que recebeu de pessoas que realmente fizeram um compromisso de ver a cidade melhorar.

Legado

Com 8.724 votos na última eleição para deputado estadual, que seguiu os mesmos critérios, Ribamar Araújo relatou que, que mesmo não reeleito no parlamento do estado e no município vizinho da capital, não ficou “revoltado” e muito menos aborrecido, porque tem a sensatez de saber a maneira honesta como foi conquistada a votação. Mas observou que, “o fato de uma grande parte não ter dignidade, ou até agir de forma inocente, faz com que o povo não saia da escravidão. E todos que conhecem, sabem como vivem o povo de Candeias do Jamari”.

Ainda sobre este assunto, o ex-parlamentar relatou que ficou apenas “o sentimento por não ter conseguido fazer mais, porque não me deram a oportunidade. Mas fiz a minha parte. Deixei um legado de seriedade e honestidade, que deveria ser seguido pelos políticos mais novos”.

Cenário político atual

“Se não houver mudança de atitude dos que chegaram lá, não vai mudar muita coisa”, disse Ribamar Araújo ao avaliar o atual cenário político estadual, observando que, nem sempre o novo representa novas práticas. “As vezes, o novo, não pode ser confundindo com idade por idade, por exemplo, e sim com as práticas”, complementou, acrescentando que “é muito difícil encontrar um político que tenha seriedade de fato”.

Sobre a nova gestão do Governo do Estado, foi direto: “se for honesto, tem o melhor caminho para dar certo. E espero sinceramente que o governador seja de fato tão quanto parece”, disse, expressando a mesma opinião em relação ao Governo do presidente Jair Bolsonaro.

Em relação ao prefeito de Porto Velho Hildon Chaves foi incisivo: “não precisa nem avaliar a administração se tá bom ou mal, basta saber quem é esse cidadão na vida pessoal dele. Se souber quem é ele, está respondido”.

Sobre o Legislativo, lamentou perdas de outros deputados como Marcelino Tenório como um grande prejuízo para o estado, mas no geral, “não está vendo muita diferença”.

Fim da carreira política

No programa, o ex-deputado, que era conhecido na Assembleia Legislativa por sua severidade marcando presença em todas as sessões e reuniões de Comissões, e por sua integridade política, também falou sobre projetos e ações parlamentares dele deixado em favor das melhorias na vida dos rondonienses a exemplo do apoio ao Hospital Santa Marcelina; respondeu a perguntas dos ouvintes; fez duras críticas como: “quase todos os políticos são mentirosos e fazem de tudo para enganar o povo”; explanou sobre outros assuntos de interesse de todos e anunciou: “estou encerrando a minha carreira política”, agradecendo aos cinco mandatos eletivos “sem nunca ter feito nenhuma promessa, comprado votos ou fazendo argumentos mentirosos para convencer as pessoas à estarem ao meu lado”.

Ribamar Araújo foi deputado estadual de Rondônia por três mandatos. Na Assembleia Legislativa, foi presidente da Comissão de Agricultura entre 2007 a 2010 e Ouvidor Geral da Casa de Leis. Foi vereador de Porto Velho entre 1997 a 2004 onde atuou como presidente da Comissão de Saúde e secretário municipal de Agricultura e Abastecimento da capital em 2005.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

A VOZ DO POVO - Entrevista Ribamar Araújo, ex-deputado estadual


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.