RONDONOTICIAS terça-feira, 11 de maio de 2021 - Criado em 11/10/2001

Prefeitura cria grupo para trabalhar na recuperação do patrimônio histórico da ferrovia


Por Lenha na Fogueira - Zekatraca

29/04/2021 23:28:03 - Atualizado

A Prefeitura de Porto Velho quer identificar e projetar programas de recuperação e preservação do patrimônio histórico cultural da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM). Um grupo de trabalho foi criado para fazer o mapeamento de materiais nos distritos do município.

Na quarta-feira (28), foi publicada a Portaria Nº 07/SMD/PMPV, de 22 de abril de 2021, que cria o grupo no âmbito da Superintendência Municipal de Integração e Desenvolvimento Distrital. A missão dos servidores é realizar estudos de viabilidade e de revitalização estrutural e paisagística do patrimônio histórico cultural da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM), nos limites distritais.

O grupo é composto por servidores da Superintendência Distrital e terá apoio de representantes de entidades da sociedade civil, como o Fórum Brasileiro de Defesa do Patrimônio Histórico e a Associação Brasileira de Antropologia.

O trabalho do grupo inclui a identificação de peças remanescentes da ferrovia. Também será verificada a situação de tombamento específica de cada peça, inclusive das que se perderam e estão espalhadas em terrenos e residências de habitantes dessas localidades. A longo prazo, espera-se criar um senso de memória, que acabe levando à preservação definitiva do acervo.

A estimativa é de que sejam feitas incursões quinzenais As primeiras atividades relacionadas ao trabalho do grupo foram feitas anteriormente, com a visita e inspeção do trecho da ferrovia na comunidade Paulo Leal. No próximo dia 5, uma nova visita à mesma comunidade será feita para apresentar o cronograma de ações estabelecidas com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).

"A estimativa é de que sejam feitas incursões quinzenais nas localidades”, explica o superintendente distrital, Vinícius Miguel. Segundo ele, estão previstas visitas também aos distritos de Jaci-Paraná e Abunã. “O município tem mais de 100 anos e precisamos de uma ação concreta de preservação da EFMM nos distritos", finalizou.

Texto: Renata Beccária

Fotos: Leandro Morais


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.