RONDONOTICIAS terça-feira, 11 de maio de 2021 - Criado em 11/10/2001

Lenha na Fogueira - 04.05.2021


Por Lenha na Fogueira - Zekatraca

05/05/2021 00:02:20 - Atualizado

E ontem aconteceu o lançamento do livro infanto-juvenil: “A Mãe da Seringueira e a Onça”

*************

O lançamento aconteceu de forma online no canal Coletivo Vozes e EnCantos Amazônicos, no Youtube. A obra perpassa os temas do imaginário e do viver ribeirinho.

*************

A obra é composta de narrativas recolhidas em comunidades tradicionais e foram trabalhadas e organizadas para o formato de livro infanto-juvenil.

************

“A Mãe da Seringueira e a Onça”. O lançamento aconteceu de forma online no canal Coletivo Vozes e EnCantos Amazônicos, no Youtube. A obra perpassa os temas do imaginário e do viver ribeirinho.

************

A obra é composta de narrativas recolhidas em comunidades tradicionais e foram trabalhadas e organizadas para o formato de livro infantojuvenil. Além das narrativas, o livro conta com a primorosa ilustração do artista rondoniense Bruno Cruz, que buscou, em cada desenho, captar a atmosfera mística das narrativas e as características da vivência nas florestas.

************

Nas palavras da executora do projeto, Eva da Silva Alves, esta obra “tem a finalidade de divulgar os elementos culturais que marcam a identidade das populações que vivem às margens dos rios, em permanente relação com as florestas. A exposição desses elementos culturais e indenditários, através de uma obra literária infantojuvenil, promove a visibilidade da pluralidade étnica e cultural dessas populações”, destacou.

**************

Lei Aldir Blanc - Este projeto foi fomentado com Recursos da Lei Aldir Blanc Nº 14.017/2020, por meio do Edital Nº 83/2020/SEJUCEL-CODEC: 1ª Edição Alejandro Bedotti do Edital de Chamamento Público para Pesquisa e desenvolvimento de Expressões Culturais, Eixo II – Pesquisas Artísticas Literárias sobre o Estado de Rondônia ou Amazônia. (Autor: José Maiko Farias Amim).

**************

Bom! Ontem os produtores culturais de Porto Velho em sua maioria participaram de reunião na qual foi discutida a possibilidade de a turma entrar em negociação com o governo estadual, leia-se SEJUCEL no sentido de verificar a possibilidade de prorrogar o prazo para a execução e prestação de contas dos Projetos habilitados junto a Lei Aldir Blanc,

************

Acontece, segundo os organizadores da reunião, que o tempo dado pelo governo para a apresentação e prestação de contas dos Projetos aprovados, ficou prejudicado e em consequência, pouquíssimos conseguirão concluir a execução dos Projetos, assim como fica difícil, apresentar a Prestação de Contas em tempo hábil.

***********

“Todos que temos Projetos aprovados, precisamos de mais tempo para executar e prestar conta”.

**********

Esperamos que nosso amigo Jobson superintendente da SEJUCEL, consiga estender mais o prazo para a execução e prestação de contas dos Projetos aprovados.

***********

Este é o sonho da maioria, até porque, alguns foram acometidos de Covid 19 e não tiveram como apresentar seus projetos em tempo hábil.

***********

Estamos na torcida para que o Superintendente da Sejucel nosso amigo Jobson Bandeira entenda o lado dos nossos produtores culturais.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.