RONDONOTICIAS sábado, 20 de julho de 2019 - Criado em 11/10/2001

Laerte Gomes admite distanciamento entre Governo e Assembleia

“Se eu disser que hoje estamos tendo uma relação próxima, estarei mentindo”, afirmou presidente em entrevista ao A Voz do Povo


Jaqueline Alencar / Rondonoticias

19/03/2019 17:34:51 - Atualizado

PORTO VELHO RO - Em entrevista ao programa a Voz do Povo desta terça-feira (19), apresentado pelo advogado e jornalista Arimar de Souza Sá, pela Rádio Caiari FM, 103,1 retransmitido para todo o Estado pela Rede Antena Hits, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE), deputado estadual Laerte Gomes (PSDB), admitiu distanciamento entre o Governo e Legislativo estadual

“Se eu disser que hoje estamos tendo uma relação próxima (com o Governo) estarei mentindo, pois não está sendo assim”, revelou o presidente da ALE.

O governador (coronel Marcos Rocha/PSL) não tem confiança com os deputados? Questionou o apresentador. “O governador ainda precisa construir isso”, disse o presidente da Assembleia, acrescentando que “tem secretários que estão fazendo mais estreitamento de laços com a Assembléia, do que o próprio governador, então é preciso tirar os pés do chão”.

Na opinião de Laerte Gomes, o comportamento do governador talvez, seja pela inexperiência na área política, “mas precisamos estreitar isso”, completou.

DETRAN

Na entrevista, Laerte Gomes também falou sobre a responsabilidade de exercer a função de presidente da Assembleia que conforme ressaltou, exige dedicação e muito trabalho e de matérias importantes como as altas taxas do Detran que conforme salientou o Órgão “tem orçamento maior que da Prefeitura de Ji-Paraná”; a malha viária das Rodovias estaduais que segundo ele, estão sendo tratadas junto ao DER como prioridade após cessar o período de chuvas; os problemas na estrutura do prédio do João Paulo II, que estão sendo cogitados em ser melhorados com a utilização do antigo prédio da Assembleia; entre outros assuntos.

Confira a entrevista na íntegra:


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.