• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quinta-feira 13 de junho de 2024

O Dia na História - Compilação do Jornalista Lúcio Albuquerque

O Dia na História - Compilação do Jornalista Lúcio Albuquerque


Lúcio Albuquerque

Publicada em: 09/03/2024 11:49:14 - Atualizado


RONDÔNIA
1922 – Um boxe do mercado municipal está vendendo carne estragada, e muitos compradores devolveram, exigindo Ação da Superintendência e punição ao vendedor.
1947 – Chega a Porto Velho Dom João Batista Costa, para assumir como bispo prelado, o 1º da Diocese criada em 1925.
1991 – O Tribunal Pleno da Justiça/RO, manteve bloqueado o valor de 1 bilhão de cruzeiros na conta do governo, não autorizando o desbloqueio pedido pela Procuradoria Geral do Estado.
1985 – O PDS/AM insiste em ter o governador Jorge Teixeira (RO), apesar de suas negativas, como candidato do partido ao governo, justificando que o único adversário seria o governado Gilberto Mestrinho, impedido de reeleição.
1987 – Maior vencedor do futebol de Porto Velho, o Ferroviário pode até ficar fora do campeonato deste ano, porque a pedida dos jogadores está acima do teto fixado pelo clube.
2011 – O jornalista Paulo Queiroz, principal articulista político do Estado e fundador do Sindicato dos Jornalistas, é encontrado morto em seu escritório onde editava o site rondoniasim.com.br

HOJE É
Dia Mundial do DJ
Católicos celebram Santa Francisca Romana, Santa Catarina de Bolonha.

BRASIL
1500 —Pedro Álvares Cabral zarpa de Lisboa e descobre o Brasil. 2016 — Morre o percussionista Naná Vasconcelos (n. 1944r), ganhador de oito prêmios Grammy.

MUNDO
1454 —Nasce Américo Vespúcio (m. 1512), cartógrafo italiano e patrono do continente americano. 1776 — Adam Smith, o “pai” da economia moderna, publica “A Riqueza das Nações”. 1959 — A boneca Barbie foi apresentada ao mundo, na Feira de Brinquedos de Nova Iorque.

FOTO DO DIA

A ele o poeta Bolivar Marcelino dedicou um de seus poemas, “O Bispo dos Humildes”: Pastor de almas, arrimo da pobreza / Semeador do Bem, da Caridade / Sacerdote do Amor e de Bondade / Defensor dos humildes sem defesa!” (*)

De 1947 a 1996, quando faleceu, o catarinense João Batista Costa foi o bispo, o primeiro, da prelazia de Porto Velho. Até 1977, quando foi criado o município de Ariquemes, João sempre ia às comunidades ribeirinhas, pastor e missionário, sendo comum ele próprio dirigir o barco.

Em seu bispado concluiu a catedral do Sagrado Coração de Jesus e implantou mais de 20 paróquias. Segundo o turismólogo Ivo Feitosa, “Com o seu falecimento Porto Velho perdeu a sua mais conceituada figura”.

Em 1982, aos 80 anos, Dom João renuncia à Diocese. Seu corpo foi sepultado numa cripta na catedral. Muitos o tratavam como santo.



Fale conosco