• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 28 de fevereiro de 2024

Ana Hickmann diz que seu ex-marido a humilhava e a pressionava para fazer plásticas; assista

Apresentadora do Hoje em Dia revelou casamento abusivo em denuncia contra o ex


emoff

Publicada em: 27/11/2023 10:06:19 - Atualizado

Ana Hickmann encerrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre o pedido de divórcio de Alexandre Correa. A apresentadora disse que viveu um casamento abusivo e marcado por humilhações sobre a sua forma física. Ela afirmou que o ex a chamava de gorda e mandava fazer cirurgias plásticas para não envelhecer. As revelações surgiram duas semanas após a contratada da Record sofrer agressão física e pedir medida protetiva contra o empresário.

“Ele tinha o dom muito grande de me fazer me sentir uma m*rda. Ele falava: ‘Por que você não está se cuidando? Você está gorda, ninguém vai te querer velha’. Ele controlava a minha agenda para qualquer coisa, não só trabalhos, dia de academia, médico. Estava me perseguindo na parte de cirurgia plástica, dizia que eu tinha que fazer isso”, contou ela em entrevista a Carolina Ferraz no Domingo Espetacular exibido na noite desse domingo.

Ana Hickmann também contou afirmou que Alexandre Correa fazia comentários pejorativos sobre outras mulheres na sua frente, além de criticar a sua beleza. “Ele ficava fazendo chacota em relação as questões físicas, beleza. Isso já me machuca. Isso não é brincadeira, não é elogio. Ele falava isso para outras mulheres. Eu discuti diversas vezes com ele. Isso foi me consumindo, me colocando em uma situação muito desconfortável”.

De acordo com Ana Hickmann, a briga do último dia 11 teve início após o empresário flagrá-la conversando com o filho sobre a crise financeira da família. Correa teria se irritado e disparado ofensas, o que faz o garoto chorar. A comunicadora pediu para uma funcionária levar a criança para outro cômodo da casa. Além disso, ameaçou a dar uma cabeçada. Durante a confusão, Ana feriu o braço ao tentar fechar a porta de correr da cozinha para não ser agredida pelo ex.

“Essas brigas eram constantes dentro de casa. O Alexandre começou a gritar, me chamando de louca. Do jeito que ele veio para cima, eu falei: ‘Você vai me bater?’. Quando eu falei isso, a feição dele mudou totalmente. Ele veio me dar uma cabeçada, ele não me acertou porque eu me esquivei. Fiquei com medo, muito medo. Quando ele viu que eu não ia largar a porta, ele fecha a porta na parte do meu cotovelo. Eu estava com o sangue tão quente que na hora eu não senti dor”, lembrou.




Fale conosco