• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 28 de fevereiro de 2024

Ana Hickmann tem pedido de divórcio pela Lei Maria da Penha negado na Justiça de São Paulo

Processo será encaminhado a uma Vara de Família


cnn

Publicada em: 29/11/2023 09:55:45 - Atualizado

A Justiça de São Paulo negou o pedido de tramitação do divórcio entre a apresentadora Ana Hickmann e Alexandre Correa pela 1ª Vara Criminal e de Violência Doméstica e Familiar, com base na Lei Maria da Penha.

Seguindo a manifestação do Ministério Público, o juiz responsável pela decisão determinou a imediata remessa dos autos a uma Vara de Família.

“Ademais, em que pese a gravidade dos fatos versados nos autos da medida cautelar e a nítida animosidade entre a vítima e o suposto agressor, (…) trata-se de questões de alta complexidade e especialidade, que ultrapassam os limites e parâmetros circunscritos à competência criminal ou atinente ao rito de celeridade das causas envolvendo violência doméstica e familiar contra a mulher”, explica o magistrado em um trecho do despacho.

O juiz também citou o eventual processo de guarda e visitas ao filho menor do casal, que também estaria fora da competência da Vara de Violência Doméstica.

A ex-modelo também havia pedido medida protetiva de urgência contra Alexandre Correa, após negar a proteção, num primeiro momento.

A assessoria da Ana Hickmann foi procurada para comentar a decisão judicial, mas não retornou os contatos feitos pela CNN até o momento, assim como a defesa de Alexandre Correa.

A denúncia de agressão

A apresentadora registrou um boletim de ocorrência por agressão contra o empresário no último dia 11.

Ela relatou à polícia que estava na casa da família em Itu, no interior de São Paulo, conversando com o filho, de 10 anos, quando Correa ouviu e não gostou do assunto. Por isso, uma discussão começou. A criança, assustada, teria saído correndo do ambiente.

Segundo a ex-modelo, Correa a teria empurrado contra a parede e ameaçado dar cabeçadas nela. Ainda de acordo com o registro policial, Correa teria fechado a porta da cozinha e atingido Hickmann. A polícia militar foi acionada e a apresentadora teve que procurar ajuda médica por causa do machucado no braço.

O empresário chegou a negar as acusações nas redes sociais, mas depois lamentou o fato.

Segundo a defesa de Alexandre Correa, foi pedida na Justiça a revogação da medida protetiva em favor de Ana Hickmann. O advogado Enio Martins Murad entrou, além disso, com um processo contra a apresentadora por alienação parental.

A defesa de Correa alega que foi solicitado o direito de visitar o filho do casal, de 10 anos, mas o pedido teria sido negado pela apresentadora, “por isso não restou outra alternativa senão a medida judicial cabível”, explicou.


Fale conosco