• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 15 de junho de 2024

Mulher espancada brutalmente pelo fisiculturista Igor Porto morre após 10 dias na UTI

Marcela Luise, 31 anos, foi levada para o hospital inconsciente em 10 de maio, após ser espancada pelo fisiculturista Igor Porto Brandão


metropoles

Publicada em: 21/05/2024 11:33:14 - Atualizado


Marcela Luise, de 31 anos, espancada pelo fisiculturista Igor Porto Brandão, morreu na noite dessa segunda-feira (21/5), em Aparecida de Goiânia (GO).

Marcela foi levada para o hospital inconsciente no último 10 de maio. A Polícia Civil confirmou que ela teve traumatismo craniano e oito costelas quebradas, além de escoriações pelo corpo.

Igor alegou que a mulher sofreu uma queda em casa. Porém, o hospital informou à delegacia que as lesões não eram condizentes com uma queda. O fisiculturista foi preso na última sexta-feira (17/5), uma semana depois de levar a mulher à unidade de saúde.

Em uma audiência de custódia realizada na tarde de segunda-feira (20/5), a Justiça decidiu manter a prisão de Igor. A defesa dele adiantou que vai entrar com pedidos para que a prisão seja substituída por outras medidas cautelares. Segundo os advogados, no ponto de vista da defesa, “não estão presentes os requisitos da prisão preventiva, ou seja, de garantia da ordem pública”.

O caso é investigado pela delegada Bruna Coelho, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Aparecida de Goiânia.

A informou informou que o fisiculturista havia agredido Marcela quando eles moravam em Brasília. Igor respondeu a um inquérito por lesão corporal contra a mulher e em um caso de violência contra uma ex-namorada.

No primeiro inquérito, a vítima pediu uma medida protetiva, mas o casal reatou, e o pedido foi retirado.


Fale conosco