• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, domingo 25 de fevereiro de 2024

Acusado de latrocínio de sargento da PM é preso na Bolívia

A ação é decorrente da Operação Horus, deflagrada pela PM do estado em combate a crimes em regiões de fronteiras.


PCRO

Publicada em: 28/11/2023 15:23:55 - Atualizado


RONDÔNIA -O criminoso de alta periculosidade identificado Fábio da Silva Rodrigues, 36, vulgo “FB” foi preso na segunda-feira (27), em uma ação conjunta entre o Núcleo de Inteligência de Fronteira (NIIF), o Núcleo de Inteligência do 9° Batalhão e a Polícia Especializada Boliviana.

A ação é decorrente da Operação Horus, deflagrada pela PM do estado em combate a crimes em regiões de fronteiras.

“FB” é acusado de participação no latrocínio do sargento aposentado da PM, Jorge Edneldson Mendes, 57 anos no dia 09 de maio do ano passado na Avenida Raimundo Cantuária, bairro Agenor de Carvalho em Porto Velho.

De acordo com a PM, o criminoso foi encontrado em Guayaramerim na Bolívia. FB possui seis mandados de prisão por vários crimes, entre eles a morte do policial da reserva.

Fábio que é considerado de alta periculosidade foi condenado há 30 anos e quatro meses de cadeia pelo latrocínio do sargento da PM. Ele chegou a ser preso no dia 10 de fevereiro deste ano pela Força Tática na Estrada do Areia Branca, zona sul da capital, mas conseguiu escapar do presídio Urso Branco, junto com o bandido Caio da Silva Miranda, vulgo “Meio quilo” no dia 01 de maio deste ano, e desde então estava foragido.

No dia 09 de maio do ano passado, FB, Yuri Ferreira Nascimento, Edclei S. M. L., o apenado monitorado Rosei S. M., participaram da ação dlque resultou na morte do sargento aposentado que fazia escolta de um veículo da empresa Dydyo, onde era transportada uma alta quantia em dinheiro que seria depositada em uma agência bancária.

Durante uma troca de tiros morreram o policial e um dos criminosos (Matheus Yuri), já os demais conseguiram fugir em um carro modelo Celta, levando o dinheiro da vítima. O carro que era roubado foi encontrado abandonado no outro dia.


Fale conosco