• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, domingo 23 de junho de 2024

PT decide não recorrer ao STF contra decisão do TSE que salvou o senador Sergio Moro

Os sete ministros da Corte eleitoral votaram por rejeitar os pedidos de cassação


cartacapital

Publicada em: 23/05/2024 16:11:02 - Atualizado


O PT decidiu não recorrer ao Supremo Tribunal Federal contra a decisão unânime do Tribunal Superior Eleitoral de negar a cassação do mandato do senador Sergio Moro (União-PR) por abuso de poder político e econômico e uso indevido dos meios de comunicação na campanha eleitoral de 2022.

O TSE analisou na última terça-feira 21 a tentativa de PT e PL de reverter a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná que rejeitou as ações contra Moro.

Os partidos pediam a cassação do mandato sob o argumento de que houve um desequilíbrio na disputa eleitoral por supostas irregularidades em gastos na pré-campanha, a partir da filiação do ex-juiz ao Podemos. Questionavam, por exemplo, o fato de ele ter se lançado pré-candidato à Presidência e depois ter migrado para o União Brasil a fim de concorrer ao Senado.


Fale conosco