• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, domingo 25 de fevereiro de 2024

Jurado na Câmara. Se ele tem as bênçãos do chefe são outros quinhentos?


Por Valdemir Caldas

22/11/2023 08:41:13 - Atualizado

Existem duas categorias de agentes políticos. Os primeiros, por serem pequenos, não conseguem enxergar além da ponta do próprio umbigo; outros, que sabem fazer história, dirigem a construção de sua própria biografia. Fabrício Jurado, secretário Geraldo do Governo Hildon Chaves, inclui-se no segundo grupo, seja pela sua competência, seja pela inatacabilidade moral, seja, ainda, pelo seu desembaraço no trato dos negócios públicos afetos à administração que muito bem vem servindo.

Se o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, tem mantido até agora uma relação amistosa com a Câmara Municipal, principalmente em seu segundo mandato, isso se deve, em grande parte, a atuação proficiente de seu secretário Geral de Governo, o senhor Jurado, que tem sabido ouvir os vereadores e levar suas reivindicações ao chefe do Executivo Municipal e aos secretários, fazendo a ponte entre os poderes. Trata-se de um articulador nato, com enorme capacidade para se movimentar de um extremo político ao outro, independente de coloração partidária.

Afinal, assim como o prefeito, os vereadores representam o povo. E Fabrício tem plena consciência disso e do seu papel como porta-voz do dirigente municipal. Então, nada mais coerente que manter o melhor relacionamento possível com cada um deles. E o próprio Hildon Chaves faz questão de destacar e agradecer a boa relação com os parlamentares, independente de sigla partidária, que, a meu ver, precisa ser deixada de lado em proveito do desenvolvimento da cidade e do bem-estar de seus moradores.

Não sei quais são as pretensões políticas de Fabrício Jurado. Não sei, sequer, se ele as tem, mas é certo que, nos bastidores, seu nome vem sendo ventilado como forte candidato a uma vaga na Câmara Municipal de Porto Velho, nas próximas eleições. Se ele terá ou não as bênçãos do chefe, são outros quinhentos.


Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.