• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 20 de abril de 2024

Zé da Touca tem tudo para dar um chapéu na mandatária da FIMCA


Por Robson Oliveira

27/02/2024 20:50:15 - Atualizado

EXTREMISMO

Os seguidores do ex-presidente Bolsonaro, inelegível até 2030 pelo TSE, estiveram em número expressivo à convocação do Pastor Malafaia no ato de desagravo ao ex-presidente inelegível, na Avenida Paulista em São Paulo. Segundo estimativas dos organizadores, sete quarteirões da Paulista estavam lotados, na maior manifestação política dos últimos dois anos. Deputados federais e dois senadores rondonienses compareceram ao ato com despesas pagas pelo contribuinte. Nos discursos foram repetidas as mesas ladainhas desde que Bolsonaro foi derrotado nas urnas eletrônicas por Lula.

CHOLDRA

A novidade no ato extremado foi a presença de bandeira israelenses, país que não professa a fé cristã, em meio de cânticos evangélicos com elementos da religião judaica. Os extremistas de direita saíram das tocas e vieram às ruas. Esta é uma realidade atual no mundo que preocupa as populações civilizadas e as democracias consolidadas em razão da intolerância e o sectarismo pelo qual expressam suas convicções, inclusive sobre costumes e preconceitos que estavam superados desde a idade média. Até o formato arredondado da terra voltou a ser contestado, algo tão primitivo quanto levar à fogueira quem não concorda com os postulados professados por essa choldra.

FENÔMENO

A Seccional da OAB de Rondônia está anunciando Cintia Chagas para o próximo evento em Porto Velho. No site da Seccional a influencer é apresentada como um fenômeno da internet, o que é um fato uma vez que é acompanhada por milhões de seguidores com seus comentários recheados de deboches sobre linguística. Além das pantominas bem articuladas, do ponto de vista plástico a musa é belíssima. Numa simbiose bem harmônica entre estética e interpretação cênica.

MUSA

A festejada influencer é noiva do deputado estadual paulista Lucas Bove, vice-líder do PL da Alesp. Segundo site UOL, Cintia Chagas foi uma das celebridades que estiveram nos camarotes da Sapucaí, com a presença bastante criticada devido a seu desinteresse pela festa carnavalesca carioca. Considerada na internet como “Musa Bolsonarista”, é de fato um fenômeno nas mídias digitais. Em Rondônia vai encontrar um público enorme de fãs que professa as mesmas posições ideológicas, embora sem a mesma verve nem o mesmo conhecimento dos grafemas e fonemas.

TOUCA

O deputado federal Fernando Máximo (UB), taxado pela coluna pelo epíteto de Zé da Touca, em razão do acessório médico que usa em qualquer evento público, é candidatíssimo a prefeito da capital com força suficiente no momento para afastar qualquer favoritismo da ex-deputada Mariana Carvalho, pupila do prefeito Hildon Chaves. Apesar do recall de Mariana na votação passada na capital, Zé da Touca tem tudo para impor mais uma derrota à mandatária da FIMCA.

CHAPÉU

No último papo entre esta cabeça chata e o prefeito Hildon Chaves, sobre a sucessão, o alcaide lembrou que goza de índices altíssimos de aprovação junto ao eleitorado e que este capital político é suficiente para ajudar na vitória da filha de Aparício Carvalho. Não é impossível que um prefeito bem avaliado consiga eleger o (a) sucessor (a). Os exemplos são fartos, mas é preciso antes combinar com os “russos”. Embora tenha sido um papo agradável e bem-humorado, Hildon deu de ombros ao ceticismo deste cabeça chata em relação às probabilidades de vitória da pupila. Os dois, Hildon e Mariana, têm tudo para levar um chapéu de “Zé da Touca” nas eleições, como se diz na gíria futebolística.

CONTRAPONTO

Quem também começa a se articular nos bastidores é Vinícius Miguel (PSB), reunindo-se com os partidos fora do espectro da direita, visando as eleições de Porto Velho. Nas últimas três eleições o jovem cientista político não logrou êxito nas candidaturas, mas obteve boas votações no eleitorado porto-velhense. Caso Vini consiga reunir os partidos de esquerda e centro, poderá dar trabalho uma vez que os bolsonaristas rondonienses engajados ao extremismo não são tão majoritários na capital quanto no interior. Numa eleição com mais de um candidato do espectro da direita dividindo esta fatia do eleitor, como se avizinha na capital, o percentual da esquerda próximo a vinte e cinco por cento do eleitorado é suficiente para catapultar um candidato do campo progressista ao segundo turno. Vencer é outro papo, e outra eleição.

MDB

Durante a posse do Conselheiro Edilson Silva na presidência da Associação dos Tribunais de Contas, em Brasília, o senador Confúcio Moura foi a figura política mais procurada pelas autoridades presentes ao evento. Por alguns minutos, em conversa amistosa com este escriba, depois de seis anos sem trocarmos um cumprimento, Moura explicou as posições adotadas no Congresso Nacional e adiantou que seu compromisso sempre foi com os interesses do povo rondoniense e, neste sentido, faz o que pode para que haja investimento da União no estado. Mas desconversou quando instado a falar sobre uma terceira candidatura a governador. Para quem está no ofício há mais de trinta e cinco anos na profissão, é pule de dez que Confúcio Moura se organiza para disputar o governo estadual. Confúcio é daqueles políticos que podemos afirmar ser uma dose amarga do passado, suportável no presente e reciclável no futuro. Idiota é quem o subestima.

PUGILISTAS

Apesar dos memes sobre os dois dirigentes políticos que se desentenderam durante uma festa em Brasília, Léo Moraes e Marcos Rogério deveriam ter evitado o vexame da polêmica em que se envolveram e que tomou nas redes sociais as mais variadas versões, inclusive exageros. Pugilato na política é algo vergonhoso e nada tem a ver com civilidade. É um episódio a se lamentar e não tem nada de humor.

INVESTIMENTOS

Para comemorar os seis anos de atuação em Rondônia, a Energisa anunciou o investimento de 600 milhões no sistema elétrico, reforçando o compromisso com a melhoria de um sistema mais sólido e confiável para os clientes em todo o estado. Com esse montante a distribuidora chegará o final do ano tendo investido no estado desde a chegada cerca de 3,7 bilhões.

DESENVOLVIMENTO

Para Fernado Corradi, diretor técnico comercial, a Energisa está empenhada em aprimorar cada vez mais a qualidade dos serviços, propiciando ao consumidor um melhor atendimento. Além de assegurar às comunidades acesso aos serviços essenciais. Isto faz com que as atividades econômicas sejam impulsionadas na geração de emprego. “Nossas atividades estão em sintonia com o desenvolvimento sustentável”, disse Corradi.

CAMPO

Entre os investimentos feitos, cerca de 5.400 ligações foram feitas no âmbito do programa Luz para Todos (LTZ), que levará energia convencional e solar para mais famílias rurais e ribeirinhas. Ainda a aquisição da terceira subestação móvel, que proporcionará maior flexibilidade a agilidade em manutenções emergenciais e programadas. Também estão sendo investidos em instalações de religadores para redução da interrupção no fornecimento de energia, automação do sistema, instalação de banco reguladores de tensão e reforma de circuitos de baixa, para melhoria da tensão entregue aos consumidores.

GATO

Todos esses investimentos visam melhorar o sistema e oferecer uma energia elétrica de boa qualidade ao consumidor, embora ainda haja a necessidade do combate firme ao furto, uma vez que o “gato” é crime e gera prejuízos ao onerar aqueles que pagam e interferir na segurança do sistema. É uma empresa genuinamente nacional com expertise de energia elétrica, inclusive sustentável.



Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. Os comentários são inteiramente de sua responsabilidade.