• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 15 de junho de 2024

Público se assusta com visual da influencer Natália Becker, acusa de matar homem em estética

A influenciadora Natália Becker, conhecida nas redes sociais por seus mais de 200 mil seguidores deixou a web sem entender como ela pode ter a aparência tão diferente.


r7

Publicada em: 07/06/2024 15:43:34 - Atualizado


BRASIL: Natália Becker, dona da clínica de estética procurada pelo empresário de 27 anos, Henrique Chagas, para fazer um peeling de fenol – procedimento que resultou na morte dele – tem chamado a atenção devido ao visual completamente diferente em fotos e vídeos após polêmica.

A influenciadora Natália Becker, conhecida nas redes sociais por seus mais de 200 mil seguidores deixou a web sem entender como ela pode ter a aparência tão diferente.

Em algumas fotos, ela aparece com os cabelos castanhos e bem magra. Em outros registros, Natália é loira com lentes de contato azuis nos olhos.

Contudo, ao aparecer para depor após a morte de Henrique, a esteticista apareceu com a aparência completamente diferente das fotos divulgadas no Instagram – chegando a confundir boa parte dos internautas.

“Meu Deus, não é a mesma pessoa!”, declarou um internauta. “Como assim, gente? Ela morreu e foi substituída?“, questionou outra pessoa.

“Isso é resultado de muita maquiagem e dos filtros do Instagram”, comentou mais uma. “Mas nunca que eu imaginei que fosse a mesma mulher“, disse outra.

“E as pessoas se comparando com influenciadoras nas redes sociais… muitas vezes toda essa aparência não passa de uma grande mentira”, afirmou mais uma.

Seu verdadeiro nome é Fabiana de Freitas Antônio e ela é a proprietária do Studio Natalia Becker, localizado no bairro do Campo Belo, zona sul de São Paulo – onde a trágica morte do empresário de 27 anos aconteceu no dia 03 de junho.

Henrique Chagas morreu após um procedimento estético na clínica. Dono da empresa ‘Meu Xodó – Banho e Tosa’, ele havia buscado a clínica para um peeling de fenol, que prometia rejuvenescer a pele do rosto.

Chagas, morador de Pirassununga, pagou R$ 4.300 à vista pelo tratamento destinado a amenizar marcas de acne. Ele pesquisou e encontrou a clínica pela internet, tendo viajado exclusivamente para realizar o procedimento.

“O procedimento estava agendado há cerca de um mês”, afirmou Marcelo Camargo, companheiro de Henrique.

Após o peeling de fenol, Chagas começou a sentir-se mal, ficando trêmulo e com dores intensas. O Samu foi acionado, mas não conseguiu reverter a situação.

“Após aproximadamente cinco minutos, Henrique apertou sua mão e começou a respirar muito forte pela boca. Diante disso, gritou por socorro“, relatou Camargo no boletim de ocorrência.




Fale conosco