• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quinta-feira 30 de maio de 2024

Defesa Civil Municipal orienta população para evitar transtornos no período chuvoso em Porto Velho

Chuvas intensas devem continuar pelos próximos cinco dias


SMC

Publicada em: 16/04/2024 10:44:35 - Atualizado

PORTO VELHO-RO: Porto Velho está sob alerta laranja, segundo informa a Defesa Civil Municipal, ou seja, com possibilidade de chuvas intensas em toda a cidade. Apesar das previsões indicarem que o fenômeno está chegando ao fim, ele ainda pode se estender pelos próximos cinco dias.

“Por conta disso, é muito importante que as pessoas fiquem atentas e tomem bastante cuidado. Devem evitar transitar por ruas e avenidas alagadas, não tomar banho ou nadar na água suja, para evitar doenças, não ficar embaixo de árvores e nem perto de barranco”, alerta o coordenador municipal da Defesa Civil, Elias Ribeiro.

Ele também disse que é muito importante as pessoas saberem o significado dos alertas emitidos pelos serviços de meteorologia, pois desta forma podem se precaver contra muitos transtornos e perigos em via pública.

“O alerta laranja significa chuvas intensas e estado de atenção. Alerta amarelo é para chuvas de menor potencial ou pancadas de chuvas isoladas. Já o alerta vermelho são para casos mais graves, que podem até mesmo ocasionar situações de calamidade, com pessoas desalojadas ou desabrigadas”, explicou.

OUTROS ÓRGÃOS

Elias Ribeiro ainda informou que, além das ações de alerta e monitoramento, a Defesa Civil municipal também aciona outros órgãos para atuar com objetivo de minimizar os impactos causados pelas chuvas ou enchentes, entre outras situações.

A Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação (Semob), por exemplo, é acionada para realizar a limpeza e desobstrução de canais, visando melhor escoamento das águas pluviais. A Secretaria Municipal de Saneamento e Serviços Básicos (Semusb), limpa e desentope a rede de drenagem, além da Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf) também ser acionada, com objetivo de atender aqueles que ficarem desalojados, entre outros órgãos que podem ser acionados, dependendo de cada situação.

CONSCIÊNCIA

“Pedimos mais consciência por parte daqueles que têm o hábito de jogar lixo nas ruas ou carcaças de móveis, entre outros objetos, nos igarapés que cortam a cidade. Isso pode represar a água e causar inundação nas ruas e nas casas”, disse.

De acordo com a Semusb, somente nos três primeiros meses deste ano, foram recolhidas mais de 3,5 toneladas de lixo das ruas de Porto Velho, que poderiam ir para os bueiros. Apesar desse grande esforço, muitas pessoas continuam fazendo descarte irregular de lixos e entulhos, o que acaba contribuindo para a formação de pontos de alagamentos.

RIO MADEIRA

Quanto à situação do rio Madeira, o coordenador da Defesa Civil Municipal informou que na segunda-feira (15), ele atingiu o nível de 11,49 metros, bem abaixo para a média nesse período do ano.

Para mais informações ou solicitação de apoio em caso de emergência, as pessoas devem acionar a Defesa Civil pelos telefones: 199 ou através do (69) 98473-2112 a qualquer hora do dia ou da noite.

OUTROS CUIDADOS

- Não atravesse vias alagadas acima do meio-fio, pois a força da água pode arrastar veículos;
- Caso seja surpreendido por chuva forte, procure parar em local seguro, como em estacionamento de shoppings ou supermercados;
- Não estacione e/ou pare veículos embaixo de árvores, pois elas podem sofrer quedas ou serem atingidas por raios;
- Tome cuidado com a possibilidade de quedas de árvores, raios e descargas elétricas;
- Fique atento e vigilante ao nível de subida das águas, mesmo à noite;
- Evite áreas de risco e evite áreas de inundação. Se houver risco de deslizamentos de terra na região, fique alerta a qualquer sinal de rachaduras no terreno ou nas paredes.




Fale conosco