• Porto Velho

    sábado 24 de julho de 2021

O dia na história - Compilação do jornalista Lúcio Albuquerque

Dia da Academia Brasileira de Música. Dia da Liberdade de Pensamento. Dia de Propagandista de Laboratório.


Lúcio Albuquerque

Publicada em: 14/07/2021 11:01:13 - Atualizado

RONDÔNIA

1899 – No seringal “Empresa” é proclamada a República do Acre, presidida pelo espanhol Luís Galvez.

1944 – Chega a Porto Velho sob o comando do capitão-engenheiro Ênio Pinheiro, no navio “Tupi”, o 1º contingente da 2ª Cia. Rodoviária Independente, cuja meta era continuar a abertura da rodovia – hoje – BR-364.

1979 – Primeiro casamento comunitário em Rolim de Moura, ainda subdistrito de Cacoal.

COMEMORA-SE

Dia da Academia Brasileira de Música. Dia da Liberdade de Pensamento. Dia de Propagandista de Laboratório.

Católicos lembram São Camilo de Lélis e São Francisco Solano.

FATOS

1570 — O papa São Pio V publica o Missal Romano do Concilio de Trento (Missa Tridentina) na bula Quo Primum Tempore (Desde o Primeiro Tempo). 1789 —Revolução Francesa: Data da tomada da Bastilha, e libertam sete prisioneiros políticos. 1867 - O químico sueco Alfred Nobel faz a 1ª demonstração da Dinamite. 1907 – Nasce Chico Landi, primeiro brasileiro na Fórmula 1. Em 1909 — Inaugurado o Teatro Municipal do Rio de Janeiro. 1933 — Hitler proíbe todos partidos políticos, menos o seu, o Nazista. 1951 – Nos EUA o 1º programa esportivo em cores, uma corrida de cavalos. 1995 - É lançado o formato de áudio mp3. 1998 - Morre Richard McDonald, criador da rede de restaurantes Mc Donald's. 2010 - Entra em vigor a lei que criou o divórcio no Brasil. 2016 – Na França, um terrorista o estado islâmico atropela e mata 84 pessoas, ferindo mais de 100.

A FOTO DO DIA

Ano de 1942 - Enquanto do alto de onde estava seu busto o presidente Getúlio Vargas, aparentemente olha o Rio Madeira, um grupo de “soldados da borracha” passam fazendo fila, olhando para cima, procurando observar o busto do “pai dos pobres”, logo após desembarcarem, seguindo rumo ao alojamento onde ficariam até terem suas vidas definidas, entre seringais ou se instalar em Porto Velho, àquela altura ainda município do Amazona. A vinda deles para os seringais foi fruto do Acordo de Washington, entre os governos brasileiro e norte-americano, especialmente a produção da borracha porque o grande centro produtor da borracha, iniciando então o segundo ciclo da produção gomífera, este de duração bem pequena.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br