• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 28 de fevereiro de 2024

Sabrina Carpenter faz clipe rebolando em altar de igreja, e religioso é punido com suspensão

Vestida com um body de tule e véu de noiva, Sabrina Carpenter rebolou no altar de uma igreja e causou alvoroço nos Estados Unidos


metropoles

Publicada em: 01/12/2023 11:52:06 - Atualizado


A cantora Sabrina Carpenter lançou, no fim de outubro, o clipe da música Feather. Entretanto, o vídeo gerou alvoroço e revolta nos Estados Unidos, devido ao caráter sensual da gravação, que ocorreu na igreja Anunciação da Bem-Aventurada Virgem Maria, no bairro do Brooklyn, em Nova York.

Nas imagens, ela aparece vestida com uma meia-fina, um body de tule e um véu de noiva preto. Carpenter ainda rebolou, ficou de joelhos no altar do templo e deslizou as mãos sobre uma cruz. Ela também usou caixões coloridos com a seguinte frase escrita em velas acesas: “RIP bitch” (“descanse em paz, puta”, em tradução livre do inglês).

A atitude da cantora não só gerou revolta na comunidade, como gerou uma suspensão ao monsenhor Jamie Gigantiello, que administra a igreja.

Play Video

“A paróquia não seguiu a política diocesana em relação à filmagem na propriedade da igreja, que inclui uma revisão das cenas e do roteiro”, comunicou a diocese à Catholic News Agency.


“Limpeza de energia”

Jamie Gigantiello também alegou que não sabia do teor “provocativo” do clipe. “A equipe da paróquia e eu não tínhamos conhecimento de que algo provocativo acontecia na igreja nem sabíamos que caixões falsos e outros itens fúnebres seriam colocados no santuário”, completou o monsenhor, assumindo “total responsabilidade” pelo ocorrido e pedindo desculpas aos fiéis.

O religioso declarou, ainda, que os US$ 5 mil — aproximadamente R$ 24,6 mil — recebidos da cantora, serão doados para “promover o bem” após o “evento negativo”, como ele classificou.

No início de novembro, uma “missa de reparação” ocorreu no templo para “limpar a energia” do clipe de Sabrina. Em entrevista à revista Variety, a cantora contou que havia recebido aprovação prévia para gravação do clipe e que chegou a fazer um trocadilho com o nome dela e de Jesus Cristo, ao dizer que ele “era um carpinteiro” (“carpenter”, em inglês).



Fale conosco