• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 24 de fevereiro de 2024

Jovem morto com mais de 30 tiros era foragido e suspeito de homicídio

O pai da vítima informou que os assassinos utilizaram uma pistola e uma submetralhadora no crime.


Redação

Publicada em: 02/12/2023 09:57:13 - Atualizado


PORTO VELHO, RO - Na tarde de sexta-feira (01), Guilherme Matheus Araújo Nóbrega, 20 anos, foragido da justiça, foi brutalmente assassinado a tiros em uma residência na Linha Cascalheiras, km 5,5, na Estrada dos Japoneses, setor rural da zona sul de Porto Velho.

Testemunhas relatam que Guilherme estava sentado no sofá quando dois homens, a bordo de uma moto modelo Fan preta, chegaram ao local. Sem hesitar, os criminosos se dirigiram até a vítima, disparando vários tiros, em seguida fugiram.

No momento do tiroteio, o avô de Guilherme foi atingido na perna direita, sendo socorrido por meio de um carro particular para o Hospital João Paulo II. Infelizmente, a equipe do Samu constatou a morte de Guilherme, que estava foragido por ter cortado a tornozeleira eletrônica.

O pai da vítima informou que os assassinos utilizaram uma pistola e uma submetralhadora no crime. A motivação do assassinato parece estar relacionada à suspeita de Guilherme ter participado do homicídio de Renan Marques da Silva, 21 anos, ocorrido em julho deste ano na zona sul de Porto Velho.

Durante a ocorrência, a Polícia Militar foi informada sobre uma moto em chamas na Rua Buritis com Ingás, confirmada como o veículo utilizado pelos criminosos. O proprietário relatou que a moto foi furtada cerca de 15 dias antes.

A perícia identificou que Guilherme foi atingido por aproximadamente 35 tiros, e o corpo foi removido pelo rabecão ao Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil iniciou as investigações para esclarecer os detalhes do ocorrido.

Jovem é morto com mais de 30 tiros em residência na Estrada dos Japoneses


Fale conosco