• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 17 de agosto de 2022

PC indicia Presidente da Câmara de Urupá por supostos crimes sexuais

A Polícia Federal foi oficiada para que seja incluído o nome do suspeito na lista de procurados.


PCRO

Publicada em: 05/08/2022 23:19:48 - Atualizado


RONDÔNIA - A Policia Civil de Urupá, após diversas diligências investigativas, elucidou vários crimes sexuais (importunação sexual, assédio sexual e estupro) supostamente praticados pelo vereador João Batista de Oliveira, então Presidente da Câmara Municipal, em face de várias servidoras municipais.

Durante o curso da investigação, foram colhidos fartos elementos indiciários em desfavor do suspeito. Após saber que estava sendo investigado, antes mesmo de ser interrogado, o suspeito fugiu do distrito da culpa, viajando para os Estados Unidos. 

Diante disto, a autoridade policial representou pela sua prisão preventiva, que foi deferida pela Justiça. O suspeito é considerado foragido. A Polícia Federal foi oficiada para que seja incluído o nome do suspeito na lista de procurados.

As investigações revelaram que o vereador utilizava-se do cargo e da posição hierárquica que ocupava para coagir suas vítimas, geralmente servidoras que exerciam cargo em comissão, na tentativa de obter favores sexuais. Diante da resistência das vítimas, ele as ameaçava de demissão, passando assediá-las moralmente.

A Polícia Civil divulgou o nome do suspeito pelo fato deste ser considerando foragido da justiça, solicitando ajuda da população com informações que possam contribuir para sua localização e prisão. As denúncias poderão ser feitas de forma anônima por meio dos telefones (69) 3413-2553 e Disque-Denúncia 197.