• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 20 de abril de 2024

Amante mata homem e confessa o crime: "Matei mesmo. Não quis largar a família para ficar comigo"

Investigação reuniu posts no Facebook em que a mulher admitiu que cometeu o crime porque o homem não queria largar a família.


g1

Publicada em: 28/02/2024 17:38:51 - Atualizado


imagem ilustrativa

BRASIL: Uma mulher de 24 anos foi presa na segunda-feira (26) por matar a tiros o amante em uma emboscada na cidade de São José da Tapera, interior de Alagoas. 

Segundo a Polícia Civil, após o crime, Edhione da Conceição Silva postou em seu perfil no Facebook uma confissão do assassinato e disse que cometeu o crime porque o homem não queria largar a família para ficar com ela.

"Matei mesmo. Não quis largar a família para ficar comigo, não fica com ninguém kkkkk", diz uma das postagens que constam no inquérito policial.

O site tentou contato com o Defensor Público que deve representar Edhione no processo de homicídio, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Antônio Celso Fernandes Junior foi assassinado após ser atraído pela amante até a casa do irmão dela, segundo as investigações. A vítima tinha um relacionamento extraconjugal com Edhione e estava sendo pressionada para se separar da esposa, com quem tinha cinco filhos.

O delegado Thales Araújo informou que a mulher estava foragida, mas foi localizada na cidade de União dos Palmares. A prisão dela foi solicitada à Justiça e o mandado judicial foi cumprido nesta semana.

Posts após crime

A polícia teve acesso a outro post feito pela mesma mulher logo após o assassinato. "Após o ato criminoso, a mulher chegou a fazer publicações em redes sociais confessando o homicídio", informou a Polícia Civil.

Em um desses posts, ela reconhece que é uma assassina e que deixou os filhos da vítima sem o pai.

"Sou uma assassina, matei o pai de 5 filhos e deixei eles todos sozinhos no mundo", publicou a mulher.

Atualmente, a mulher tem um filho recém-nascido. Ela vai responder por homicídio qualificado.


Fale conosco