• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, segunda-feira 20 de maio de 2024

Jovem de 17 anos com câncer terminal é chamada de mentirosa e desabafa: “Eu não iria postar isso”

A influenciadora Isabel Veloso tem feito sucesso ao compartilhar as realizações e convivência com a doença e resolveu “provar” o diagnóstico


metropoles

Publicada em: 08/04/2024 10:39:54 - Atualizado

BRASIL:  Já tem um tempo que a influenciadora Isabel Veloso começou a fazer sucesso nas redes sociais ao revelar que, com apenas 17 anos, está lutando contra um câncer terminal e tem apenas alguns meses de vida.

Além de revelar detalhes do seu problema de saúde, a adolescente mostrou detalhes de seu casamento. Mas nem tudo é felicidade. Muitos internautas têm duvidado da história da jovem e, com os ataques constantes, ela resolveu se manifestar e postou, na madrugada desta segunda-feira (8/4), o laudo médico para comprovar que não está mentindo.

“Eu não iria postar isso, porque não devo satisfação a ninguém. Mas recebi muitos comentários que pra ser paciente ‘terminal’ ou ‘paliativa’ tenho que ter aspecto de morte ou estar acamada sem poder me mexer”, começou ela, pontuando as mensagens que recebe nas redes sociais.

E continuou desabafando: “Então, pra quem tanto duvidou, e inclusive fizeram recortes de vídeos onde eu falava que estava bem, pra ganhar like e seguidor em cima. O laudo que tanto pediram está aqui”, disparou, antes de completar:


“Tenho muita coisa em todo o celular pra comprovar o que eu quiser, inclusive papéis de exames. Se tanta gente é frustrada consigo mesma, não carrego culpa disso. Só eu sei o que eu passo no off das redes sociais por enfrentar desde tão nova um diagnóstico assim”, afirmou ela.

No fim, ela disse: “Eu não preciso provar nada pra ninguém, mas tô cansada de tanta fake news envolvendo meu nome. Gratidão por cada mensagem de carinho que recebo de cada um de vocês. E não acreditem em qualquer coisa na internet  um bejuuuuuuuu”, encerrou.

No documento médico compartilhado por ela, os especialistas atestaram que Isabel Veloso “Linfoma de Hodgkin sem resposta ao tratamento quimioterápico”. O texto ainda relatou que a paciente está “em cuidados paliativos exclusivos” para focar em controlar e aliviar os sintomas.

“No momento, os maiores sintomas que a paciente tem se diz respeito à localização do tumor (mediastino – podendo gerar dispneia e arritmia) e neuropatias gerando dores crônicas graves. Paciente em uso de altas doses de opioides em domicílio para controle da dor”, garantiram os médicos.



Fale conosco