• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 17 de agosto de 2022

Golpistas presas tinham meta; valor roubado por mês chega a R$ 400 mil no RJ

Grupo de cinco mulheres foi detido em escritório onde abordavam vítimas, em sua maioria idosas e pensionistas do INSS


R7

Publicada em: 04/08/2022 16:02:08 - Atualizado


BRASIL - A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (2), cinco mulheres que aplicavam golpes em idosos em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Elas foram detidas em flagrante em um escritório, no qual era mantido um quadro que exibia as metas mensais do grupo. Somadas, as quantias ultrapassam R$ 400 mil.

No momento da chegada dos agentes da 72ª DP (São Gonçalo), as estelionatárias se preparavam para enganar mais quatro vítimas. As pessoas eram contatadas por telefone e convencidas a irem até o local onde as operações eram feitas.

Lá, as criminosas ofereciam falsos investimentos sob a promessa de grande retorno e utilizavam os dados dos interessados para realizarem empréstimos.

Os alvos do golpe eram, normalmente, aposentados e pensionistas do INSS e pessoas que já haviam realizado empréstimos anteriormente. As vítimas, sem saber, eram responsabilizadas pelo pagamento de parcelas em períodos que chegavam a sete anos, de acordo com as investigações.

A polícia segue apurando o caso para identificar e localizar outros integrantes da associação criminosa.