• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sexta-feira 19 de julho de 2024

Sema promove recuperação de áreas degradadas em Porto Velho através de plantio de mudas

Iniciativa destaca o mega plantio na avenida Santos Dumont como parte do compromisso com o desenvolvimento sustentável


Renata Beccária (SMC)

Publicada em: 19/06/2024 09:36:17 - Atualizado

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) de Porto Velho está à frente de importantes ações de recuperação ambiental, visando garantir a preservação e a sustentabilidade. Uma das principais iniciativas que marcam o trabalho realizado até agora é o mega plantio feito na nova avenida Santos Dumont, localizada no bairro Nova Esperança, que foi aberta durante a esta gestão.

Com diversas iniciativas voltadas para a recuperação de áreas degradadas e o plantio de mudas, a Sema busca não apenas restaurar a vegetação nativa, mas também proporcionar um clima mais agradável e saudável para a população. A área de aproximadamente oito hectares, identificada como uma região degradada e sem vegetação nativa, foi escolhida para o plantio de mudas como parte do Programa de Recuperação de Áreas Degradadas da Sema.

"Nós realizamos estudos preliminares e um levantamento aéreo com drones para identificar a área e planejar o plantio, visando restaurar a vegetação nativa e frutífera", explica Roberval Zúniga, secretário da Sema.

Em um esforço conjunto que contou com a participação de cerca de 8 mil voluntários, incluindo empresários, escolas, universidades, ONGs e a comunidade em geral, Porto Velho quebrou um recorde nacional ao plantar 30.845 mudas em apenas 30 minutos, no dia 23 de outubro do ano passado.

Todas as mudas foram de espécies nativas, tanto florestais quanto frutíferas, produzidas no viveiro municipal ou doadas por parceiros como a ONG Ecoporé e a Universidade Federal de Rondônia (Unir). O projeto não se limitou ao plantio inicial. A Sema continua a realizar manutenção na área, incluindo replantio de mudas que não se desenvolveram e limpeza sistemática para evitar a concorrência de vegetação espontânea.

"Estamos garantindo que essas mudas se desenvolvam em boa qualidade fitossanitária", destaca o secretário. A criação dessa floresta urbana em Porto Velho não apenas contribui para a recuperação de áreas degradadas, mas também atrai a fauna silvestre, promovendo um santuário de biodiversidade. "Estamos deixando um legado ambiental para as futuras gerações, melhorando o microclima da região e proporcionando sombreamento com essas espécies que levarão cerca de dez anos para atingir o estágio pleno", ressalta o gestor.

Além do mega plantio na avenida Santos Dumont, a Sema está comprometida com a recuperação de outras áreas degradadas, especialmente as áreas de preservação permanente ao longo dos cursos d'água. A secretaria também atua na instalação de placas de advertência e identificação para proteger essas áreas de novas degradações e evitar a ocupação irregular.

"Identificamos essas áreas, realizamos diagnósticos e plantios para restaurar o equilíbrio ambiental. Essas ações demonstram o compromisso de Porto Velho com o desenvolvimento sustentável, promovendo a preservação do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida dos seus cidadãos. A Sema, com apoio da administração municipal e da comunidade, continua trabalhando em projetos que visam a recuperação ambiental e a criação de um futuro mais verde para todos", conclui Zúniga.


Fale conosco