• Porto Velho

    quinta-feira 2 de dezembro de 2021

Vacinadores têm treinamento específico para imunizar na pandemia em Porto Velho

A rotina de quem está na linha de frente vacinando contra a covid-19


Assessoria

Publicada em: 24/11/2021 13:22:05 - Atualizado


PORTO VELHO, RO - A Prefeitura de Porto Velho mobiliza todos os dias cerca 150 profissionais de saúde especificamente para aplicar a vacina contra a covid-19 na população. São técnicos em enfermagem e enfermeiros que cumprem jornadas na linha de frente para combater a pandemia, levando esperança através da imunização.

O ato de vacinar é inerente aos profissionais da área de saúde; alguns exercem o trabalho nas Unidades Básicas de Saúde do município, trabalhando com os imunizantes previstos no calendário regular.

Para vacinar contra a covid-19, cada profissional precisa de capacitação específica, com noções teórica e práticas. Alguns destes profissionais cumprem jornadas diárias. Outros atendem escalas e podem ser encaminhados para áreas distintas, como a área rural, por exemplo.

Um destes profissionais da linha de frente é Taís Leite. Técnica em enfermagem que passou 10 anos trabalhando em unidades básicas de saúde do município. Nascida em Porto Velho, Taís diz que o trabalho é exaustivo, mas gratificante. “Levamos proteção e esperança para pessoas que, às vezes, perderam familiares e carregam dúvidas”, resume.

A rotina leva Taís a trabalhos na área rural e urbana, mas são as missões em comunidades ribeirinhas, em viagens feitas no Barco Saúde do município, que ela considera inesquecíveis. Vacinar gente simples, que trabalha muito e tem alegria em receber visitantes, diz ela, é diferente.

CONFIANÇA

“Em geral, no dia a dia, algumas pessoas podem chegar estressadas, chateadas, mas isto não pode nos abalar. Precisamos ter tranquilidade e atenção total para seguir os protocolos e transmitir confiança”, revela.

O treinamento para vacinar contra a covid-19 foca também as orientações que devem ser transmitidas aos usuários. “Não esperávamos passar por uma pandemia. É uma situação delicada, nova e tensa. Alguns de nós perderam familiares e colegas de trabalho. Só venceremos com a união de todos”, finaliza a vacinadora.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br