• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 22 de maio de 2024

Atacante detona atuação do Cruzeiro na Sul-Americana: “Vergonha”

Equipe fez 3 a 0 nos primeiros 18 minutos, mas levou empate na segunda etapa


cnn

Publicada em: 12/04/2024 10:32:30 - Atualizado

O atacante Arthur Gomes disparou contra a atuação do Cruzeiro no empate em 3 a 3 com o Alianza-COL, nessa quinta-feira (11), no Mineirão, pela segunda rodada do grupo B da Copa Sul-Americana.

Depois de sair vencendo por 3 a 0 ainda no primeiro tempo, o time sofreu um apagão na segunda etapa e levou o empate dos colombianos.

    “Vergonha, né. Pelo primeiro tempo que a gente fez, não pode acontecer isso. A gente sabe muito bem da pressão que estamos tendo desde a última semana”, disparou.

    O Cruzeiro abriu 3 a 0 aos 18 minutos do primeiro tempo. Apesar da importante vantagem no placar, o time caiu bastante de rendimento ainda no primeiro tempo. No segundo, o Alianza-COL melhorou, buscou mais o ataque e conseguiu três gols de forma surpreendente.

    Antes mesmo do fim do jogo, os torcedores que compareceram ao Mineirão vaiaram o time. Alguns jogadores foram mais alvos do que outros, como o goleiro Rafael Cabral e o zagueiro Neris.

    “Falar para o torcedor apoiar, eles estão apoiando. Pedir paciência, não sei se vai adiantar, porque eles querem vitória, uma resposta. Hoje era esse dia de dar uma resposta positiva”, disse.

    O Cruzeiro soma dois pontos em dois jogos e está na terceira colocação do grupo B da Copa Sul-Americana. Arthur Gomes tentou explicar o “apagão” do time após um bom começo no jogo.

    “A gente começou muito forte no primeiro tempo, não podemos relaxar. A gente sabe que a Sul-Americana é um campeonato muito difícil, jogando em casa ou fora, todos os jogos serão difíceis. Pedir desculpa ao torcedor pelo empate, que sai com gosto de derrota”, falou.

    “A gente vem falando de cicatrizes há um tempo, desde o ano passado. Temos que parar de ter cicatrizes, temos que começar a jogar futebol, a vencer, dar alegrias ao torcedor que vem no apoiar. É trabalhar e mostrar dentro de campo, só isso”, finalizou.



    Fale conosco