• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 15 de junho de 2024

Em crise no mandato, Augusto Melo é pressionado por saída de dupla da diretoria

Incômodos acontecem por conta da falta de explicações da intermediação do contrato da “VaideBet”


CNN

Publicada em: 22/05/2024 11:09:23 - Atualizado


O clima político do Corinthians esquenta mais a cada dia que passa. Nos últimos dias, Augusto Melo vem sofrendo pressão para que seus principais aliados dentro do clube sejam afastados de seus cargos.

A dupla de aliados é formada por Sérgio Moura, superintendente de marketing, e Marcelo Mariano, o Marcelinho, diretor administrativo do clube. O principal motivo é a polêmica em volta da VaideBet, mas a CNN Brasil apurou que ações no dia a dia do clube também criam insatisfação.

    De acordo com o jornalista Juca Kfouri, a dupla foi responsável pelo pagamento “apressado” para os intermediários da negociação com a VaideBet, sem a anuência de Rozallah Santoro, diretor financeiro do clube, que não estava presente no clube no momento dos repasses.

    A pressão sob o presidente não vem apenas de conselheiros ligados a oposição. Pelo contrário, o pedido da saída de Sérgio Moura e Marcelinho veio de um grupo importante da situação, que é considerada a base do governo de Augusto.

    A cobrança mais pesada se deu por conta da falta de explicações oficiais do Corinthians sobre o tema.

    Em nota oficial, o clube afirmou que “que não guarda responsabilidade sobre eventuais repasses de valores a terceiros. Caso sejam apresentadas quaisquer provas de ilícitos, estes serão discutidos junto ao Conselho Deliberativo para providências que se fizerem necessárias”.



    Fale conosco