• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, sábado 20 de abril de 2024

Marina Ruy Barbosa apaga foto vestida com papel higiênico preto após polêmica

O slogan da campanha do produto Personal Vip Black, 'Black is Beautifull', foi chamado de racista nas redes sociais


purepeople

Publicada em: 24/10/2017 16:19:23 - Atualizado

A campanha do novo papel higiênico Personal Vip Black, estrelado por Marina Ruy Barbosa, recém-chegada da lua de mel com o marido, Xandinho Negrão, mal foi lançada e já vem sendo alvo de polêmica. Na tarde desta terça-feira (24), a atriz, fotografada apenas enrolada na folha de papel e com um salto preto, retirou a foto postada no dia anterior do ar em sua conta do Instagram ao perceber a proporção dos comentários negativos. Ao compartilhar o resultado do ensaio nas redes sociais, a ruiva utilizou como legenda a frase "Black is Beautiful", expressão escolhida pela agência Neogama para divulgar o produto nas mídias online. No entanto, a hashtag gerou polêmica nas redes sociais: a expressão em questão é conhecida por ter sido usada por militantes negros durante a luta dos direitos civis nos anos 60.

MARCA DE PAPEL HIGIÊNICO SE PRONUNCIOU

Marina, envolvida com a preparação para sua próxima novela na Globo, se limitou a apagar o post, mas não quer comentar o caso. Em recente entrevista ao "Jornal Hoje", a artista declarou que se preocupa com os conteúdos compartilhados em suas redes sociais. Já a assessoria da marca do papel higiênico, a Santher, divulgou nota à imprensa onde afirma refutar toda e qualquer insinuação ou acusação de preconceito. Além disso, a empresa decidiu retirar a assinatura "Black is Beautiful" dos produtos: "A Santher e Neogama vem a público informar que tal assinatura foi retirada de toda comunicação da campanha e apresentar suas desculpas por eventual associação da frase adotada ao movimento negro, tão respeitado e admirado por nós".

DEMONSTRAÇÃO EXPLÍCITA DE RACISMO', DISSE O ESCRITOR ANDERSON FRANÇA

Um dos críticos da campanha foi o escritor Anderson França, o Dinho, conhecido nas redes sociais. Na postagem feita no Facebook, ele afirmou: "Black is Beautiful é o nome de um movimento criado por intelectuais e artistas afro-americanos na década de 1960, que influenciou de forma definitiva o pensamento de milhões de outras pessoas pelo mundo. Nas periferias e subúrbios, esse movimento não só é uma referência como é um estado de espírito". O intelectual continuou: "Mas no Brasil, se você digitar #blackisbeautiful você vai encontrar papel que você usa pra se limpar de excremento, e em seguida elimina, tomado de nojo e aversão. Aquilo que tem apenas uma função: limpar fezes e secar urina de suas carnes, e ir para o lixo. Se isso não é uma demonstração explícita de racismo e humilhação étnica, criminosa, eu perdi alguma aula". A publicação teve mais de 7,3 mil curtidas e quase 3 mil compartilhamentos.


Fale conosco