• Porto Velho

    segunda-feira 25 de outubro de 2021

Vacinação de adolescentes foi suspensa por desorganização de estados, afirma Queiroga

O ministro voltou a pedir que os Executivos locais sigam a recomendação do Programa Nacional de Imunizações (PNI).


metropoles

Publicada em: 16/09/2021 15:12:01 - Atualizado

Após o Ministério da Saúde suspender a vacinação contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, em adolescentes entre 12 e 17 anos, sem comorbidades, o chefe da pasta, Marcelo Queiroga, explicou que a desorganização da campanha nos estados motivou a paralisação.

Em declaração à imprensa na sede da pasta, em Brasília, Queiroga afirmou que há casos em que vacinas como AstraZeneca, Coronavac e Janssen foram aplicadas nesse público.

Neste momento, a vacina da Pfizer é a única aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a faixa entre 12 e 17 anos no Brasil. O laboratório Janssen está realizando estudos com menores de 18 anos no Brasil.

O ministro voltou a pedir que os Executivos locais sigam a recomendação do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

“Falei de maneira reiterada da importância de se observar as recomendações do PNI, temos um país continental, 26 estados, DF, 5.570 municípios, e precisamos falar o mesmo idioma, a mesma língua, senão não vamos progredir. Se cada um quiser falar uma língua não vamos nos entender”, frisou.



MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br