RONDONOTICIAS terça-feira, 11 de maio de 2021 - Criado em 11/10/2001

MP investiga processo seletivo para contratação de professores

Caso se confirme dolo no processo seletivo o prefeito Gilliard Gomes (PSD) e outros envolvidos responderão por improbidade administrativa.


PortalTheobroma

Publicada em: 03/05/2021 15:44:48 - Atualizado


RONDÔNIA - O Ministério Público do Estado de Rondônia – MP/RO, por meio da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Jaru, abriu uma linha de investigação tendo como foco o processor seletivo deflagrado pela prefeitura de Theobroma, para a contratação de professores neste ano de 2021. Quem assina a peça processual é o promotor de Justiça Dr. Victor Ramalho Monfredinho, que foca apurar eventual prática de ator de improbidade administrativa relacionado à realização de processo seletivo emergencial pela prefeitura de Theobroma na área a educação, durante a pandemia do COVID-19, com aulas presenciais suspensas.

Tal procedimento chamou a atenção do MP que já oficializou a prefeitura de Theobroma, para no prazo legal remeter as devidas alegações sobre o processor seletivo que a priori no momento atual é dispensável, em razão das atividades escolares estão sendo realizadas através de plataformas digitais.

Procurado pela reportagem para falar sobre o assunto em tela o secretário municipal de Educação, Adelson Valter Correia, alegou que o processo é legal e que houve a necessidade de contratar 11 (onze) professores de nível I e II e dois funcionários para o apoio, em face da aposentadoria de profissionais da Educação. O secretário afirmou que irá responder com documentos os questionamentos do MP, mas no entanto demostrou que o processo poderia ser suspenso e sua continuidade teve um víeis político, na certa para acomodar “afilhados políticos”. Caso se confirme dolo no processo seletivo o prefeito Gilliard Gomes (PSD) e outros envolvidos responderão por improbidade administrativa.


MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br