• Porto Velho

    segunda-feira 25 de outubro de 2021

Adolescente de 17 anos troca tiros com policiais durante fuga e acaba apreendido em Guajará

Suspeito disse que era de Porto Velho e havia ido à cidade para "fazer dinheiro" com crime. Um jovem de 19 anos foi preso por corrupção de menores.


G1

Publicada em: 03/09/2021 14:11:33 - Atualizado


GUAJARÁ, RO - Um adolescente de 17 anos foi apreendido após trocar tiros com policiais na zona rural de Guajará-Mirim (RO). A ação registrada na quinta-feira (2) foi na rua Francisco Pacheco Duarte, bairro Planalto. Na mesma ação policial foi preso u, jovem de 19 anos por corrupção de menores.

O caso ocorreu depois que a equipe do Setor de Investigação e Captura (Sevic) se dirigiu até a casa do jovem de 19 anos para intimar um suspeito envolvido em outro crime. Ao chegarem na residência, os policiais notaram que quatro pessoas fugiram, sendo que um deles carregava uma sacola.

Diante disso, parte da equipe de investigadores ficou na residência para questionar o suspeito de 19 anos, enquanto outra parte iniciou uma perseguição aos jovens fugitivos, que entraram em um matagal.

Próximo a um córrego, um dos jovens foi surpreendido pelos policiais e então atirou contra o agente, que também revidou com tiros, mas ninguém foi atingido. Nesse momento o suspeito conseguiu se distanciar do local de confronto.

Ainda nas buscas ao adolescente, em um sítio próximo, os policiais foram informados que um morador havia sofrido graves ameaças. O sitiante ainda relatou que o suspeito estava com uma arma do tipo pistola e então a vítima mostrou o caminho por onde o suspeito entrou.

Para continuar a perseguição, um policial requisitou a motocicleta do sitiante e, por conhecer a região, o próprio morador conduziu a motocicleta e levou o policial atrás do suspeito.

    Durante a ação, o policial viu o adolescente em alta velocidade em uma motocicleta. Ao notar o policial na garupa da moto do morador, o adolescente apontou a arma na direção dele. Nesse momento o agente do SEVIC saltou do veículo e deu ordem para que o suspeito soltasse a arma.

    Após o adolescente ser rendido, ele contou que era de Porto Velho e estava em Guajará-Mirim há seis dias. A intenção dele, segundo o registro policial, era de realizar crime e "fazer dinheiro".

    O menor também disse que a arma era dele. Diante das circunstâncias, foi dado voz de apreensão ao menor por por porte ilegal de arma e tentado de homicídio.



    MATÉRIAS - DENÚNCIAS - VÍDEOS - FOTOS

    Fale com a redação do Rondonotícias redacao@rondonoticias.com.br