• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, terça-feira 23 de abril de 2024

Padre católico recebe cálice com veneno em missa após fazer críticas à grupo criminoso

Padre é voz opositora ao grupo criminoso ‘Ndrangheta e já denunciou o crime organizado. Caso aconteceu em Cessaniti, na Itália


METROPOLES

Publicada em: 27/02/2024 14:30:50 - Atualizado


foto: metropoles

MUNDO: Um padre católico recebeu um cálice envenenado, enquanto celebrava a missa em Cessaniti, na Itália. A situação aconteceu depois que o religioso se manifestou contra uma organização mafiosa, que surgiu na cidade, chamada ‘Ndrangheta. A tentativa de envenenamento aconteceu no último sábado (24/2).

Conhecido por denunciar o crime organizado, o padre Felice Palamara notou o cheiro de água sanitária durante a missa. Ele suspeitou que algo estava errado e suspendeu imediatamente a celebração religiosa, chamando em seguida a polícia nacional italiana, os Carabinieri.


Ato de intimidação contra o padre

Mais tarde, a polícia detectou que os recipientes de água e vinho de Palamara estavam misturados com água sanitária. O religioso acredita que a tentativa de envenená-lo foi uma retaliação de ‘Ndrangheta.

“Tenho certeza de que este ato de intimidação não tem nada a ver com os meus paroquianos porque estou aqui há 10 anos e sempre tive boas relações com as pessoas da paróquia”, disse Palamara ao jornal Corriere della Sera. “Não permitimos que ninguém faça mal à paróquia. Ninguém pode parar uma cidade que merece redenção e que quer crescer”, acrescentou.

A ‘Ndrangheta, considerada o grupo de crime organizado mais rico do mundo, ganhou dezenas de milhares de milhões de dólares com o tráfico de cocaína ao longo de várias décadas e, recentemente, conseguiu expandir o seu alcance por toda a Europa, à medida que a máfia siciliana perdia a sua influência.



Fale conosco