• Fundado em 11/10/2001

    porto velho, quarta-feira 22 de maio de 2024

Entenda escalada de tensão no Oriente Médio com Israel e Irã trocando ataques diretos

Tensão entre os países já dura décadas; ambos ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o ataque desta sexta (19)


CNN

Publicada em: 19/04/2024 10:39:23 - Atualizado

MUNDO: Um ataque aéreo atingiu a região central do Irã nesta sexta-feira (19). A ação ocorreu após uma troca de ações retaliatórias entre o país islâmico e Israel nas últimas semanas, e marca uma escalada potencialmente perigosa do conflito no Oriente Médio.

De acordo com um oficial dos Estados Unidos, o ataque realizado nesta manhã é de autoria israelense.

Até o momento, autoridades iranianas têm buscado amenizar o tom do incidente. Simultaneamente, Israel não assumiu responsabilidade pelo que aparenta ser o mais recente ataque em um conflito que já dura décadas.

Na medida em que a guerra até então realizada nas sombras emerge para o público, receios de uma escalada rumo a um conflito regional mais amplo também aumentam.

Nenhum ataque de míssil foi reportado, informou o porta-voz do Centro Nacional de Ciberespaço do Irã, Hossein Dalirian, na rede social X.

O forte estrondo observado nas proximidades de Isfahan foi causado por “sistemas de defesa aérea disparando contra um objeto suspeito”, disse um comandante militar sênior do Irã.

Ele também acrescentou que não houve “dano ou incidentes”, de acordo com a agência de notícias Tasnim, alinhada ao governo iraniano.

Todas as instalações próximas a Isfahan estavam seguras, incluindo instalações nucleares significativas, reportou a mídia iraniana.

O órgão de fiscalização nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) confirmou que nenhuma estrutura nuclear foi danificada.

O ataque dá sequência a uma investida iraniana inédita contra Israel, realizada no último fim de semana.

Segundo autoridades de Teerã, a ação se tratou de uma retaliação por um ataque de suposta autoria israelense que atingiu e matou oficiais na embaixada do Irã na Síria no dia 1º de abril.

As represálias marcaram a primeira vez que o país islâmico lançou um ataque direto contra Israel a partir de seu próprio território.


Fale conosco